MENU

05/03/2021 às 00h00min - Atualizada em 05/03/2021 às 00h00min

Vereador Flamarion espera que seja tudo esclarecido: “Se houver culpados, todos pagarão”

Sidney Rodrigues
ASSIMP
O vereador Flamarion Amaral parabenizou o trabalho da PF na cidade e espera que o município não esteja envolvido em desfalques de recursos no combate a covid-19 - Foto: Divulgação/ASSIMP
No uso da fala em Sessão Remota nesta quarta (03), na CMI, o vereador Flamarion Amaral (PCdoB) comentou sobre a grande operação deflagrada pela Polícia Federal no mesmo horário dos trabalhos legislativos e batizada de Recôndito (escondido, íntimo ou encoberto) na Secretaria de Saúde do Município (SEMUS). O vereador destacou a presença maciça da PF na cidade e parabenizou o trabalho de investigação.  

“Não desejo que dentro das averiguações feitas no município, sejam comprovados os desvios de dinheiro público destinado ao combate da covid-19, seja na esfera municipal, estadual ou federal, mas se isso realmente acontecer, eu afirmo que quem fez, pagará tanto na terra como no céu. Diante de um quadro desesperador das pessoas, mortes, desemprego, famílias se acabando, a cidade e o Brasil todo contaminado, a proliferação gigantesca dessa nova cepa, não se pode aceitar isto. Se depender de mim que sou um fiscal do povo e fui colocado aqui para resguardar os recursos públicos, seguirei o trabalho da PF e tenham certeza, me posicionarei ao lado da população. Não se pode conceber tantas mortes, enquanto muitos se preocupam só com o enriquecimento ilícito”, explicou. 

O parlamentar informou também que ontem cedo fez contato com todos os hospitais de Imperatriz que tem gente internada com coronavírus, tanto na rede pública como na privada. Disse que nos últimos 30 dias a cidade está chegando a número de óbitos que é quase o triplo da capital, só de coronavírus, e classificou como inadmissível. Se a Polícia Federal comprovar os desvios e a Câmara Municipal se mantiver apenas assistindo.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...