MENU

02/03/2021 às 00h00min - Atualizada em 02/03/2021 às 00h00min

Homem é assassinado quando jogava futebol na Vila Davi II

Eduardo Cantuária, conhecido por ‘Eduardo Mãozinha’, tinha passagem pela polícia por homicídio

Dema de Oliveira
Eduardo Cantuária, o ‘Eduardo Mãozinha’, foi executado com dois tiros na cabeça - Foto: Divulgação/Whatsapp
O mês de fevereiro fechou com 8 homicídios, elevando para 20 o número desse tipo de crime, ocorrido até agora em 2021, em Imperatriz.

O último homicídio de fevereiro aconteceu sábado (27), tendo como vítima Eduardo Cantuária, que era conhecido por ‘Eduardo Mãozinha”. O crime aconteceu em um campo de futebol, localizado na Vila Davi II, que fica próximo à Barreira Policial Alpha 1, às margens da BR-010. 

Eduardo Mãozinha, como era conhecido como jogador de Futebol, estava jogando bola e quando a partida terminou, ele foi assassinado por um dos dois homens que se encontravam no local, desde que começou o jogo. Os dois homens esperaram a partida de futebol terminar, e executaram Eduardo Mãozinha com dois tiros na cabeça. Depois fugiram em uma motocicleta, pela BR-010, tomando rumo ignorado.

Eduardo Mãozinha era um bom jogador de futebol e já tinha até passado pelo futebol da China e depois de uma temporada voltou a Imperatriz. Aqui, já tinha um homicídio e puxou cadeia por isso. Atualmente estava em liberdade provisória. Ele teria também problemas com o tráfico e com facções criminosas. 

O crime já está sendo investigado, e a primeira linha de investigação é de que pode ter sido acerto de contas.

Um homem que não teve a identidade revelada, foi preso logo depois do crime, na Vila Davi II. Mas a princípio o suspeito foi autuado em flagrante delito apenas por porte ilegal de arma de fogo. O suspeito estava armado e foi preso na área onde o crime foi perpetrado, na Vila Davi II. Ele está sendo investigado. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...