MENU

27/02/2021 às 00h00min - Atualizada em 27/02/2021 às 00h00min

Imperatriz chega a 19 jogos sem vencer

Foram 17 pelo Campeonato Brasileiro Série C e 2 pelo Campeonato Maranhense

Dema de Oliveira
Cavalo de Aço amargou sua 19ª derrota consecutiva - Foto: Vagner Grigório/Assessoria/SID
O Imperatriz chegou à marca negativa de 19 jogos sem vencer, com a derrota da última quinta-feira (25) para o Iape, pela segunda rodada da primeira fase do Campeonato Maranhense 2021. Foram 17 jogos pelo Campeonato Brasileiro Série C e 2 pelo Campeonato Maranhense. Em 20 jogos realizados foram 19 derrotas e um empate, que foi contra o Remo, pelo Campeonato Brasileiro no Frei Epifânio, sem gols. 

E as redes sociais não perdoam, já estão dizendo que o Imperatriz é o novo Ibis, time pernambucano que não costuma vencer e que atualmente está fora da mídia. Mas sempre serviu de sinônimo para uma equipe que não vence, como é o caso do Imperatriz, atualmente.

O Cavalo de Aço, em seus 59 anos de fundação, jamais tinha passado por uma situação como essa, em ficar 19 jogos sem vencer. Essa situação iniciou desde que a gestão anterior trouxe empresa a JB Sport para administrar o Departamento de Futebol do Clube. Essa empresa trocou tudo na época, desde o treinador, Paulinho Kobayashi, que não concordou com os métodos da nova gestora, e preferiu deixar o clube. Praticamente todos os jogadores do time de Kobayashi foram dispensados pela empresa, inclusive as revelações, que saíram sem que o Cavalo de Aço tenha recebido quaisquer valores. 

Os jogadores que não foram dispensados pediram para sair, quando perceberam que a empresa era uma tremenda barca furada. E para piorar, veio a dívida de R$ 250 mil com o Fênix do Uruguai, na malfadada transação feita com o jogador Brenno, um verdadeiro perna de pau, que além da dívida, não gerou nada ao Imperatriz. Uma transação, que diga-se de passagem, até hoje mal explicada.

Em função dessa dívida, denunciada à FIFA, o Imperatriz ficou impossibilitado de contratar jogadores. O pepino deixado pela gestão de Adauto Carvalho foi descascado pela gestão atual, que correu atrás e conseguiu o dinheiro. Fosse pela gestão anterior, o Imperatriz teria sido extinto.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...