MENU

26/02/2021 às 00h00min - Atualizada em 26/02/2021 às 00h00min

Vacinação: 7.128 pessoas imunizadas contra Covid-19 em Imperatriz

Das doses recebidas, 8.029 são destinadas apenas para quem deve tomar a vacina pela primeira vez. Como complemento para fechar o clico de imunização, 6.330 vacinas são para as pessoas que irão tomar a segunda dose

Maria Almeida
Ascom/PMI
As 7.128 pessoas imunizadas receberam apenas a primeira dose até está quarta-feira, 25 - Foto: Edmara Silva
De acordo com a Prefeitura de Imperatriz, já foram vacinados 7.128 pessoas até esta quarta-feira, 24, contra a Covid–19. Do total de vacinas recebidas até ontem, vale ressaltar que 8.029 são destinadas para pessoas que devem tomar pela primeira vez, e 6.330 são complementos apenas para quem já tomou a primeira. Vale destacar que 2.907 pessoas já receberam a segunda dose.

Com as 2.300 vacinas da AstraZeneca que chegaram na tarde desta quinta-feira, 25, voltadas para o público da primeira dose, a Prefeitura continua com a campanha imunizando profissionais de saúde (que serão vacinados por categoria), e idosos a partir de 85 anos (que devem se cadastrar no site da  Prefeitura para se vacinar no período de 1 a 5 de março, no Drive-thru, disponibilizado no pátio da Universidade Ceuma.

Com o saldo das doses que chegaram desde o início da campanha de vacinação, serão imunizados nesta sexta feira, 26, pacientes oncológicos em tratamento no Hospital São Rafael.

Paralelo à aplicação da primeira dose, que amplia o número de imunizados em Imperatriz, a Secretaria de Saúde realiza campanha de aplicação da segunda dose, ou seja, para as pessoas que já estão no período de fechar o esquema de imunização. A Semus chama a atenção dos que já receberam a primeira, para ficarem em alerta para o período de tomar a segunda. Para quem tomou a primeira da CoronaVac, o prazo para retornar é de quinze dias; já da AstraZeneca, o período é de dois a três meses.

De acordo com a secretária da Semus, Mariana Jales, a campanha ainda segue na primeira fase. “Já foram vacinados profissionais da saúde de diversos setores, idosos institucionalizados (moradores do Lar São Francisco, Casa do Idoso Renascer e Vila João XXIII), idosos a partir de 90 anos, pacientes de hemodiálise e pacientes oncológicos em tratamento na Oncoradium. No entanto, só podemos mudar de fase quando concluirmos todos os grupos prioritários desta, inclusive os profissionais da saúde que totalizam cerca de 9 mil trabalhadores”, explicou. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...