MENU

13/02/2021 às 00h00min - Atualizada em 13/02/2021 às 00h00min

Fiscalização intensifica medidas preventivas contra o coronavírus

Ação visa garantir que o decreto vigente em Imperatriz seja cumprido

Islene Lima
Ascom/PMI
Todos os setores e serviços devem seguir as medidas de segurança, usando o álcool em gel, máscara, além de manter o distanciamento social - Foto: Assessoria
A Prefeitura segue com a fiscalização intensiva em bares, restaurantes, lojas entre outros estabelecimentos, visando o cumprimento efetivo do último decreto que proíbe qualquer tipo de festa em alusão ao carnaval, além de proibir do dia 11 ao dia 21 de fevereiro apresentação de artistas locais.

Objetivo é fiscalizar com mais rigor, promovendo medidas que contenham a progressão da pandemia, como observar o uso da máscara e o cumprimento de regras de distanciamento social.

O secretário de governo, Eduardo Soares, explica que as fiscalizações seguem a todo vapor, principalmente agora com o feriado de carnaval.

“Nessa última noite, 11, estivemos em campo com o Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Guarda Municipal, Setran, Meio Ambiente, Defesa Civil, Planejamento Urbano, Sefazgo, Segov e Vigilância Sanitária, ou seja, é uma operação onde todos os órgãos e secretarias fazem sua parte”, ressalta Eduardo.

Ele destaca ainda que a rota da fiscalização percorreu 160 estabelecimentos, sendo eles na Beira Rio, Centro, Entroncamento, Pedro Neiva de Santana, Parque Amazonas, João Castelo, Cafeteira, Ipiranga, JK, Padre Cícero, Industrial, Nova Imperatriz, dentre outros.

O secretário chama atenção para alto índice de denúncias falsas, através do Disk Aglomeração, pedindo para que população ajude e não atrapalhe o serviço da equipe.

“Infelizmente os trotes e denúncias falsas estão sendo corriqueiras, o que acaba atrapalhando o nosso trabalho, por isso pedimos para que as pessoas tenham consciência e nos ajudem nessa luta. A fiscalização não é para fechar ou impedir que as pessoas trabalhem, mas para proteger a todos”, explica.

Ainda de acordo com o secretário as denúncias foram apuradas, com 3 notificações e 1 intimação. Todos os ambientes estavam seguindo as normas do último decreto, sem apresentações de artistas e com o distanciamento adequado.
Denúncia Aglomeração pode ser feita pelo aplicativo Whatsapp pelo (99) 98416-9344. O atendimento é realizado das 8h às 23h, todos os dias, incluindo os finais de semana. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...