MENU

11/02/2021 às 00h00min - Atualizada em 11/02/2021 às 00h00min

Guarda Municipal de Imperatriz recebe visita de representantes da corporação de Estreito

Objetivo foi a busca de conhecimento estrutural, operacional e logístico

Dema de Oliveira
O comandante da Guarda de Estreito, Elvys Presley Barros Silva, destacou a importância do encontro - Foto: Dema de Oliveira
A Guarda Municipal de Imperatriz (GMI), por intermédio do seu comandante, Josenildo José Ferreira, recebeu nesta quarta-feira (10), representantes da Corporação de Estreito, dentre eles o seu comandante, Elvys Presley Barros Silva e o guarda Túlio Bueno Reis. O ouvidor da GMI, Valtery Barros e o Superintendente Operacional, Fábio Silva Maciel, também participaram da reunião. 

Objetivo da visita foi a busca de conhecimento estrutural, operacional e logístico, além de estabelecer parcerias e agregar valores. Operando há praticamente um ano, a GMI apresentou todo o espaço para os visitantes, que ficaram admirados com as acomodações da corporação. O comandante da Guarda de Estreito Jun, destacou a importância do encontro. “A Guarda Municipal de Imperatriz foi montada já com todos requisitos necessários para funcionar, com espaço, estrutura, logística ostensiva e operacional. Isso em curto espaço de atividade. Nossa Guarda já tem seis anos de funcionamento e ainda não alcançamos esse patamar”, destacou. 

Elvys Presley acrescentou que é interessante conhecer os projetos e a estrutura da GMI. “Precisamos pegar os bons exemplos e aplicarmos em nossa corporação”. 

O comandante da Guarda Municipal de Imperatriz, Josenildo José Ferreira, lembrou que a atual sede do quartel da corporação é provisória e logo irá funcionar em prédio próprio, localizado na marginal direita da BR-010, área doada pela Infraero, cuja documentação de doação já está bastante adiantada. 

“A GMI já nasceu grandiosa, com estrutura bem adequada ao trabalho dentro do município de Imperatriz. A  nossa cidade é um referência para a região e a GMI também é”, disse o comandante Josenildo. 

Os 81 membros efetivos da GMI passaram por todas as etapas de treinamentos obrigatórios e, em março do ano passado, iniciaram suas atividades, dando total apoio às policias civil e militar, efetuando prisões, como também na condução de pessoas à Delegacia de Polícia Civil de Imperatriz. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...