MENU

08/02/2021 às 14h04min - Atualizada em 08/02/2021 às 19h51min

Após descobrirem o comércio eletrônico na pandemia, 94% querem manter seus hábitos de compra em 2021

De acordo com pesquisa, impulsionados pela prática de distanciamento social, brasileiros pretendem adotar hábitos de compra on-line como permanentes em 2021.

DINO
https://cupoom.com.br/
Cartões de Crédito - Foto: Divulgação/DINO

Diante do isolamento social, os brasileiros foram obrigados a encontrar maneiras diferentes de manter seus hábitos e atender às novas necessidades, e o comércio eletrônico se destacou. De acordo com pesquisa da Criteo, 56% dos consumidores brasileiros disseram que compraram no e-commerce pela primeira vez durante a pandemia e 94% pretendem continuar comprando nas lojas das quais já estão habituados.

Por necessidade, o hábito de fazer compras on-line ganhou destaque entre os consumidores brasileiros. A tendência, que antes da pandemia deveria levar anos para ocorrer no país, foi alcançada em meses. De acordo com outro estudo da Criteo, 67% descobriram pelo menos uma nova forma de consumo que pretendem continuar usando na fase pós-coronavírus.

Comprar produtos pela internet, pedir comida por delivery e fazer compras por apps estão entre os principais comportamentos adotados pelos consumidores.

Com a digitalização, a Black Friday de 2020 também marcou forte presença no e-commerce. Mundialmente, de acordo com os dados mais recentes da empresa de tecnologia, houve um crescimento de 139% nas compras on-line em relação a outubro de 2020.

"Depois de 2020, as marcas não conseguirão sobreviver se não estiverem on-line para contato. Se o consumidor precisar, ele deve conseguir contatar a empresa de qualquer maneira, seja de formas simples como por e-mail ou WhatsApp. Mas a presença on-line é essencial. E não é necessário que o comerciante venda por meio de um site tradicional, mas pode explorar outras formas - por exemplo, o social commerce", explicou Tiago Cardoso, diretor-geral à América Latina da Criteo.

Apesar dessa desigualdade, que pode excluir alguns consumidores do ambiente exclusivamente on-line fortalecido pela pandemia, novidades como o pagamento pelo WhatsApp e opções de pagamento pelas carteiras digitais facilitarão essas transações.

No início da pandemia, muitas marcas brasileiras, grandes e pequenas, viabilizaram a compra com uma consultora via WhatsApp. Novas experiências sem contato, como códigos QR, também forçarão os varejistas a se adaptarem a esse novo comportamento do consumidor, pois facilitam a experiência de compra para os consumidores. Website: https://cupoom.com.br/

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...