MENU

05/02/2021 às 00h00min - Atualizada em 05/02/2021 às 00h00min

Homem baleado em confronto com policiais militares morre no Socorrão

Identificado apenas pelo prenome de Samuel, le não resistiu aos ferimentos e veio a óbito

Dema de Oliveira
Samuel foi baleado e morreu no Socorrão - Foto: Divulgação/Redes Sociais
O homem que foi identificado apenas pelo prenome de Samuel, conhecido por ‘Samuca’, morador de Davinópolis, que tinha sido baleado em confronto com policiais militares, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no Socorrão, fato ocorrido na madrugada de quarta-feira. 

O PROGRESSO apurou que Samuel vivia no submundo do crime, tinha várias passagens pela polícia por tráfico e outras ações criminosas. Era membro da facção criminosa conhecida por Comando Vermelho (CV). Tinha base em João Lisboa, mas atuava também em Imperatriz.

O caso - Na noite de terça-feira (2), policiais do 14ª BPM estavam em uma situação de patrulhamento na Vilinha, quando avistaram dois homens em uma motocicleta. Um deles, o que estava na garupa, era justamente Samuel, o ‘Samuca’. Os militares fizeram a abordagem, mas os dois homens empreenderam fuga e ainda efetuaram disparos contra a guarnição policial, que revidou. No revide, Samuel foi atingido, recebeu os primeiros socorros e levado para o Socorrão, onde faleceu. 

O comparsa de Samuel foi preso no interior de uma casa, ainda na Vilinha, e a motocicleta foi apreendida, juntamente com armas de uso restrito, uma pistola 9mm, que estava em poder de Samuel, e uma pistola ponto 40, encontrada com o parceiro dele. Havia munições com estojos disparados e intactos. 

Em alerta - Policiais dos dois Batalhões, 3º e 14º, estão em alerta, tendo em vista que comparsas de Samuel, que são da mesma facção criminosa, estariam propensos a realizar ações pela cidade, praticando homicídios, incendiando ônibus, entre outras ações.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...