MENU

05/02/2021 às 00h00min - Atualizada em 05/02/2021 às 00h00min

Dia Mundial contra o câncer alerta para a importância da prevenção

Mesmo na pandemia o município atendeu cerca de 13.204 pacientes por meio da Unidade Móvel e Setor Oncológico

Islene Lima
Ascom/PMI
Hábitos de vida saudáveis, a prevenção, o diagnóstico precoce e o tratamento são fundamentais para a luta contra a doença - Foto: Assessoria
Segundo o Instituto Nacional do Câncer, INCA, a doença é a segunda maior causa de morte no mundo. Diante disto, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, Semus, alerta sobre a importância da prevenção, divulgando os serviços prestados à população através da Unidade Móvel Oncológica e Setor de Oncologia. 

Os dados da secretaria mostram que em 2020, mesmo em meio à pandemia, 13.204 pessoas receberam atendimento e 269 foram diagnosticadas e encaminhadas para a Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia, Unacon. 

A coordenadora do Setor de Oncologia de Imperatriz, Vilenice Batista, explica que as ações de prevenção, exames e outras demandas não pararam. A unidade móvel, que  é um dos principais meios de alcance, teve papel fundamental na luta contra o câncer.

“Na unidade móvel são disponibilizados exames de prevenção do colo do útero, o cadastro do exame de mamografia para mulheres a partir de 40 anos, e exame de PSA, para verificação de qualquer alteração na próstata. Além disso, temos o setor de oncologia que é a coordenação do ônibus rosa, onde são feitas as triagens de oncologia em caso de alteração, onde todos os pacientes passam por consulta médica, fazem exames complementar e, em caso de câncer, o paciente já segue para o acompanhamento pelo município, sendo cadastrado para seguir o tratamento no Hospital São Rafael e Oncoradium”. 

Ela destaca ainda que o setor não atende apenas pacientes vindos da unidade móvel, mas também de outros 14 municípios vizinhos. Além do mais, Imperatriz é a única cidade em todo Maranhão com a unidade móvel de oncologia, que oferece quatro tipos de exames, tendo como objetivo a prevenção e diagnóstico precoce.

“2020 foi um ano atípico, e quem precisava de ajuda não poderia esperar. Nossa equipe não parou, fizemos toda a triagem pelo telefone que foi disponibilizado para população, buscamos alternativas para que nenhum paciente ficasse desassistido, e graças a Deus de forma humanizada e seguindo todas as medidas preventivas da Covid-19, pudemos dar continuidade aos trabalhos”. 

Vale lembrar que o Hospital do Amor, também conhecido como Hospital do Câncer de Barretos, já é uma realidade em Imperatriz, com projeto em andamento que visa beneficiar cerca de 1 milhão de pessoas. 
Incentivo

Toda a equipe que trabalha na unidade móvel e setor oncológico do município é treinada no maior hospital de câncer do Brasil, o de Barretos, por meio de um curso de seis meses, onde eles ganham conhecimento, trazendo amor e esperança aos pacientes imperatrizenses. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...