MENU

03/02/2021 às 00h00min - Atualizada em 03/02/2021 às 00h00min

Obras de drenagem no Setor Ana Maria chegam na reta final

O serviço faz parte do Projeto de Saneamento Integrado Águas de Araguaína realizado em toda a região, que está sendo preparada com macrodrenagem para receber o asfalto de qualidade

Felipe Maranhão
PMA-ASCOM
Os muros de gabiões são uma espécie de gaiolas metálicas preenchidas com pedras que formam uma estrutura de contenção estável e evitam desabamentos - PMA-Ascom/Marcos Sandes
Na última semana, a Secretaria da Infraestrutura de Araguaína anunciou que o serviço de implantação do sistema de drenagem da água das chuvas no Setor Ana Maria já está em fase final de execução. Mais de 4.700 metros de canalização já foram implantados, o que representa 99% do total da obra.

O sistema faz parte de um amplo planejamento de infraestrutura realizado no setor que está sendo preparado para que seja também implantada a pavimentação das ruas. Com a canalização da água das chuvas, tanto do Setor Ana Maria, quanto de bairros vizinhos, como o Morada do Sol, será possível garantir a manutenção do asfalto, além de evitar os alagamentos constantes na região.

“Essa obra também compõe o Projeto de Saneamento Integrado Águas de Araguaína, que contempla a macrodrenagem dos principais córregos da cidade, acabando com o assoreamento na região que por muitos anos preocupou o município”, explicou o engenheiro responsável pela obra, Adolfo Santana.

Preservação ambiental
Além da canalização nas ruas do setor, também está sendo implantada uma estrutura de macrodrenagem para receber a água das canalizações. O sistema de gabiões de grande durabilidade reduz a força da água captada, antes da sua entrada no córrego e permite que o leito seja preservado, reduzindo os riscos dos efeitos de erosão em áreas adjacentes.

Os muros de gabiões são uma espécie de gaiolas metálicas produzidas com aço galvanizado que resiste a ações naturais. Eles são preenchidos com pedras que formam uma estrutura de contenção estável e evitam desabamentos. Para a implantação da estrutura foi realizado um estudo do solo, através de sondagem e execução com um lastro de pedra rachão na base do gabião para o nivelamento da superfície devido ao terreno arenoso.

Serão implantados 8,5 quilômetros de canalização para a macrodrenagem, aberta e fechada, de trechos dos córregos que compõem as bacias do Neblina, Jacuba e do Rio Lontra, são eles: Tanque, Planalto, São Miguel, Água Fria, Tibúrcio (ou Martim Jorge) e Canindé.

Projeto Águas de Araguaína
As obras de drenagem do Setor Ana Maria fazem parte do Projeto de Saneamento Integrado Águas de Araguaína, com a macro e microdrenagem dos córregos Neblina, Canindé e outros, o projeto prevê também a implantação dos parques Nascentes do Neblina, Raizal e São Miguel e obras de infraestrutura já em execução em vários setores, como Morada do Sol 3, Jardim Vitória e Tocantins.

O projeto também prevê a implantação da Via Norte, que já está com o primeiro trecho entre a avenida Cônego João Lima, no Centro, e o Parque Cimba, em execução, beneficiando diretamente os bairros Neblina, Jardim Goiás, Brasil e Cimba.

Após a Avenida Castelo Branco, a 2ª etapa começará na interligação com a Rua Dois de Julho e Avenida Amazonas, no Setor Araguaína Sul, tendo aproximadamente 2,6 km, seguindo por mais 5,2 km até a Avenida Palmas, no Setor Costa Esmeralda.

Somando os dois trechos, a via terá 9 quilômetros de extensão, que cruzará diretamente 14 bairros para desafogar o trânsito entre o Centro e os bairros, conectando o final da Avenida Marginal Neblina até a BR-153. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...