MENU

02/02/2021 às 00h00min - Atualizada em 02/02/2021 às 00h00min

Imperatriz fecha mês de janeiro com dez homicídios e um feminicídio

No mesmo período de 2020, foram quatro homicídios e um feminicídio

Dema de Oliveira
Leandro dos Reis e Walisson Pereira foram os últimos assassinados em janeiro - Fotos: Arquivo/O PROGRESSO
Imperatriz, a segunda maior cidade do Maranhão, fechou o mês de janeiro com o registro de dez crimes de homicídio e um crime de feminicídio. Em relação ao mesmo período de 2020, que foram registrados 4 homicídios e também um feminicídio, houve um aumento de 100%. 


A maioria dos homicídios e o feminicídio do mês de janeiro de 2021, foi registrada na área do 14º Batalhão de Polícia Militar, mesmo com as várias operações realizadas por aquele BPM. 
Os dois últimos crimes de homicídio em Imperatriz, entretanto, foram perpetrados no bairro Sol Nascente, na área do 3º Batalhão de Polícia Militar do Maranhão.

As vítimas foram Leandro dos Reis Almeida, 26 anos, que era conhecido por ‘Coquinho’, e Walisson Pereira Silva, 23 anos, conhecido por ‘Pinto’. As causas da maioria dos homicídios em Imperatriz são por rixa entre facções criminosas.

A vítima de feminicídio em janeiro foi a jovem Carla Tayra Sousa de Oliveira, 19 anos, que foi morta a facadas pelo namorado, Wendel Silva Machado, 24 anos, que foi preso e se encontra à disposição da Justiça na Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz (UPRI).

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...