MENU

29/01/2021 às 00h00min - Atualizada em 29/01/2021 às 00h00min

Rixa entre facções criminosas deixa dois mortos no Bairro Sol Nascente em Imperatriz

Um adolescente de 13 anos, irmão de uma das vítimas fatais, foi baleado e se encontra no Socorrão em estado grave

Dema de Oliveira
Leandro e Walisson foram mortos com vários tiros - Fotos: Divulgação/Whatsapp
A cidade de Imperatriz, mais uma vez, viveu uma noite sangrenta, com tiroteios por vários pontos da área periférica da cidade.

Em um deles, no Bairro Sol Nascente, dois homens foram assassinados com vários tiros, elevando para onze o número de assassinatos na segunda maior cidade do Maranhão, nesse mês de janeiro. 

No bairro Sol Nascente, foram assassinados a tiros Leandro dos Reis Almeida, 26 anos, conhecido por ‘Coquinho’, que era morador do Bonsucesso, e Walisson Pereira Silva, 23 anos, conhecido por ‘Pinto’, morador do Sol Nascente, periferia de Imperatriz. 

Segundo informações de testemunhas, as vítimas foram atacadas por pelo menos dez homens, que já chegaram ao local realizando disparos. ‘Coquinho’ e ‘Pinto’ tentaram se proteger, mas foram atingidos pelos disparos, e ainda conseguiram entrar na casa de parentes, mas morreram no local. 

Os dois viviam no submundo do crime e eram membros de facções criminosas, que a cada dia aumenta na cidade de Imperatriz.

A equipe de trabalho da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), que iniciou as investigações para apurar o caso, trabalha com duas linhas de investigações. A primeira, que a ‘matança’ teria sido retaliação pelo assassinato nas primeiras horas da manhã de quarta-feira (27) do ex-presidiário Claudionor Emilio de Melo, o ‘Orelha’, que foi morto com vários disparos de pistola 380, por dois homens que estavam em uma motocicleta; a segunda versão é por disputa de ponto de venda de droga. Claudionor era membro da facção criminosa Comando Vermelho.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...