MENU

27/01/2021 às 00h00min - Atualizada em 27/01/2021 às 00h00min

​Imperatriz prossegue com treinos físicos e técnicos

Jairo Nascimento deve comandar o primeiro coletivo na próxima semana

Dema de Oliveira
Time do Imperatriz no treino de ontem a tarde no Frei Epifânio - Foto: Dema de Oliveira/O PROGRESSO
O Imperatriz prosseguiu ontem com treinos físicos e técnicos. Pela manhã, jogadores trabalharam na academia e, a tarde, treino físico e técnico no Frei Epifânio. Para hoje, está marcada a mesma programação, ou seja, treino físico/técnico no Frei Epifânio às 16h, mas que pode sofrer alterações. 

O técnico Jairo Nascimento deve comandar o primeiro coletivo na próxima semana, ocasião que já vai começar a alinhavar o time que sairá jogando contra o Moto, na estreia no Campeonato Maranhense 2021, marcado para o dia 15 de fevereiro de 2021.

Ainda não foi ventilado, mas o Imperatriz deverá realizar pelo menos dois jogos treinos, antes da estreia no Campeonato Maranhense. Equipes amadoras da cidade serão os prováveis adversários, já que diante das dificuldades, é improvável realizar um jogo treino contra uma equipe profissional. 

Os quatro jogadores que foram contratados fora do Maranhão já se apresentaram e se integraram ao plantel do Cavalo de Aço. São eles: Pelles (volante), Dudu (atacante), Lucas Yan (zagueiro) e Pablo (goleiro). Outro jogador deve chegar por todo o dia de hoje. 

O técnico Jairo Nascimento disse que o Imperatriz tem muito trabalho pela frente e prazo de preparação curto. “Temos muito trabalho e pouco prazo, mas estamos fazendo tudo, dentro das nossas condições. Estamos reestruturando, recomeçando, fazendo mesclagem de jogadores novos com os mais experiente. Estamos trazendo peças pontuais, que estão vindo agregar, para que possamos dar uma cara nova ao Imperatriz e vamos novamente trazer coisas boas para a cidade”, destacou Jairo. 

O gerente de futebol Charles Guerreiro destacou que o Imperatriz está dando oportunidade aos jogadores da região, mas que não pode e não deve abrir mão, de jogadores com mais experiência, para mesclar o time. “O garoto da base é fundamental para um clube de futebol. Entretanto, não se pode abrir mão de jogadores com mais experiência, para que o elenco fique equilibrado”, enfatizou Charles Guerreiro.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...