MENU

20/01/2021 às 00h00min - Atualizada em 20/01/2021 às 00h00min

Parte da obra da Unidade da FUNAC será entregue em março

A informação foi passada com exclusividade a O PROGRESSO pela presidente estadual da Funac, Sorimar Sabóia

Dema de Oliveira
Obra da Funac do Habitar Brasil foi retomada - Foto:Divulgação/Funac
Encontra-se em Imperatriz desde ontem, a presidente estadual da Fundação da Criança e do Adolescente (FUNAC), Sorimar Sabóia, onde entre outras ações foi a visita na obra da unidade da entidade, que está sendo erguida no Habitar Brasil. O promotor titular da 7ª Promotoria de Justiça Especializada na Defesa da Infância e Juventude, Alenilton Santos da Silva, acompanhou Sorimar Sabóia na visita.

Com exclusividade, O PROGRESSO falou com Sorimar Sabóia a respeito daquela obra, que já vem se arrastando há muito tempo. Sorimar Sabóia informou que a construção da unidade foi retomada em ritmo acelerado e a primeira parte será entregue em março. Essa unidade está de acordo com o parâmetro nacional do atendimento sócio-educativo, e por isso inclui três fases distintas, que são: inicial, quando o adolescente entra, e que está chegando cheio de revolta, agressivo; fase intermediária, onde o adolescente já conseguiu entender a rotina da unidade, como o regimento da casa, em que ele pode e não pode fazer; e, finalmente, a fase conclusiva, quando ele se prepara para retornar ao convívio familiar e comunitário. “Esses três blocos já receberam melhorias em toda sua estrutura. Já está sendo feito calçamento, delimitando calçamento da unidade, bloco da área do anfiteatro. Portanto, a Sinfra já tem uma previsão de que até março parte dessa obra será entregue. Em seguida será imediatamente retomado o término da construção das demais dependências”, destacou Sorimar Sabóia.

Os demais setores que compõem a unidade são: setor de escolarização, serviço, esporte e lazer, que é fundamental em uma unidade de atendimento sócio-educativo. “Não estamos aqui para prender menino, trancar menino, a tranca é necessária, porque ela resguarda a integridade física e psicológica do adolescente de cada menino que está lá, mas ela é para dormir, porque durante todos os outros espaços de tempo, esse menino tem de ter uma jornada de acordar, fazer a higiene, ir para a escola, esporte, oficinas, ele tem toda uma rotina para cumprir na casa”, enfatizou Sorimar Sabóia. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...