MENU

08/01/2021 às 00h00min - Atualizada em 08/01/2021 às 00h00min

Caminhoneiro paulista desaparece com carreta e carga no Maranhão

Último contato do caminhoneiro com a família aconteceu no dia 28 de dezembro

Dema de Oliveira
Iris Cintra e sua carreta com carga de papel que estão desaparecidos - Foto: Divulgação/Album de Família
A família do caminhoneiro paulista Iris José Cintra, de 56 anos, denunciou nesta quinta-feira (7) o seu desaparecimento, ocorrido no Maranhão. O último contato do caminhoneiro com a família, que reside em Diadema-SP, aconteceu no dia 28 de dezembro, quando passava por Açailândia com destino a Paragominas-PA, onde deixaria uma carga de papel. Além dele, a carreta e a carga também desapareceram.

No áudio enviado aos familiares, Iris disse que estava indo de Imperatriz para Paragominas, onde deixaria a carga de papel. Os pais de Iris são idosos e como os demais familiares, estão apreensivos com o sumiço dele.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Militar e Polícia Civil, de Açailândia, de onde ele enviou o áudio para a família pela última vez, já foram cientificadas do caso.

O caminhão ‘cavalinho’ de Iris Cintra é um Scania, ano 1974, cor laranja, com baú comprido, modelo mais antigo. Qualquer informação, pode ser dada à polícia por meio do 190, que é a Central de Informações de Operações de Segurança (CIOPS). O nome fica em sigilo.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...