MENU

07/01/2021 às 00h00min - Atualizada em 07/01/2021 às 00h00min

Empresário é preso em Teresina por receptação e comercialização de carga roubada no Maranhão

O delegado ressalta que os crimes de roubo de carga não ocorreram em território piauiense

Assessoria de Comunicação/Greco
Policiais na Distribuidora durante o cumprimento da prisão do empresário - Foto: Greco/Divulgação
Teresina (PI) - O empresário preso nesta quarta-feira (06) pelo crime de receptação de produtos roubados relatou em depoimento à Polícia Civil do Piauí que “uma pessoa” foi até o seu comércio e ofereceu a mercadoria por preço abaixo de mercado. A distribuidora de alimentos do empresário está localizado no bairro Piçarreira, zona Leste de Teresina.

“Uma pessoa parou no comércio dele e pelo preço (da mercadoria) ser atrativo, mesmo sem nota fiscal, aceitou comprar essas mercadorias”, diz o delegado do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), Daniel Pires, sobre o depoimento do preso.

O delegado ressalta que os crimes de roubo de carga não ocorreram em território piauiense. Por isso, a Polícia Civil do Piauí não pode dar detalhes. Somente a receptação dos produtos roubados foram confirmados aqui. Os crimes de roubo estão sendo investigados pelas Polícias Civis do Maranhão e do Tocantins.

Os envolvidos no esquema para dificultar a investigação policial compraram nas redes de supermercados de Teresina produtos nas mesmas especificações e em grande quantidade dos que foram roubados nos estados do Maranhão e Tocantins. “Para dar ar de lícito aos produtos que estavam sendo vendidos na empresa dele”, conta o delegado.

A investigação teve início em junho de 2019 e continua. Outras pessoas já foram presas, mas faltava desvendar quem era o elo de ligação entre os comerciantes e as pessoas suspeitas de roubar as cargas.

A Polícia Civil do Piauí cumpriu mandados de busca e apreensão. As cargas roubadas nos estados do Maranhão e Tocantins em R$ 2 milhões, parte foi recuperada.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...