MENU

06/01/2021 às 00h00min - Atualizada em 06/01/2021 às 00h00min

Polícia apreendeu mais de meia tonelada de maconha em terras indígenas em 2020

Quantidade é referente a mais de 13 mil pés da droga plantados por traficantes, que invadem as terras dos índios

Assessoria Polícia Ambiental do MA
Pés de maconha encontrados na terra indígena Caru, no Maranhão - Foto: Divulgação/Polícia Ambiental do MA
Em 2020, a Polícia Ambiental apreendeu mais de meia tonelada de maconha que foram plantados por traficantes dentro de terras indígenas do Maranhão. Ao todo, foram 540 kg da droga referentes a mais de 13 mil pés encontrados dentro das florestas.

Dentro das operações da polícia, 204 animais foram resgatados. Também foram apreendidas 22 armas de fogo e 138 m³ de madeira cortada ilegalmente da terra dos índios.

No último dia do ano, a polícia, colaboradores da FUNAI e indígenas membros do grupo “Guardiões da Floresta” averiguaram uma região da Terra Indígena Alto Turiaçu, em Centro do Guilherme, e encontraram uma plantação com 5 mil pés pequenos da droga.

Anteriormente, no dia 10 de dezembro, uma outra operação já havia encontrado cerca de oito mil pés de maconha dentro da Terra Indígena Caru, próximo ao município de Buriticupu, a 411 km de São Luís.

Nessa operação, além dos pés de maconha, cerca 200 kg de droga prensada e 60 kg de semente foram encontrados. Toda a droga foi incinerada.

A Terra Indígena Caru e Alto Turiaçu têm sido invadidas nos últimos anos por traficantes de drogas, que desmatam e usam a mata fechada para se esconder das fiscalizações da polícia. Grupos de índios Awa Guajá e Guajarara, como os Guardiões da Floresta, atuam para encontrar essas plantações e denunciar à polícia.

Ainda assim, só nos últimos seis meses, mais de 25 mil pés de maconha já foram encontrados e incinerados somente na região entre a Terra Indígena Caru e o município de Buriticupu.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...