MENU

31/12/2020 às 00h00min - Atualizada em 31/12/2020 às 00h00min

“O comércio de Imperatriz soube reagir ao período pós-pandemia do covid-19”

Presidente do Sindicato do Comércio ressalta vocação natural da cidade para o surgimento de novas lideranças empresariais

Vilson Estácio Maia: “O comércio passou por momentos difíceis em 2020” - Foto: Divulgação
O empresário Vilson Estácio Maia, 72 anos, presidente do Sindicato do Comércio de Imperatriz (Sindicom), concedeu entrevista exclusiva a reportagem de O PROGRESSO, na manhã de segunda-feira, 28 de dezembro, por meio da qual fala, entre outras coisas, sobre as adversidades enfrentadas pelos lojistas ao longo dos últimos meses, inclusive sobre o processo de retomada das atividades comerciais locais, após o período de pandemia do covid-19.

Há 50 anos na cidade, Vilson Estácio Maia tem atuação destacada, com participação em momentos decisivos. Foi, por exemplo, um dos que lutaram pelas construções da ponte Dom Affonso Felippe Gregory, ligando Imperatriz a São Miguel, no Tocantins, e do Centro de Convenções, palco dos principais eventos empresariais ocorridos atualmente em âmbito local. Também foi um dos mentores, em 2001, da Feira do Comércio e Indústria (Fecoimp), hoje conhecida nacionalmente e constante do calendário de feiras do Governo Federal.

Vilson Estácio Maia é proprietário do consolidado grupo empresarial Óticas Maia, responsável pela geração de empregos e renda, contribuindo substancialmente com a economia do município e do Estado.

Em reconhecimento a sua trajetória nos meios empresarial e nas entidades, o auditório do Palácio do Comércio e Indústria de Imperatriz (PCI) recebeu o nome de Vilson Estácio Maia. O empresário participou do ato de inauguração, descerrando a fita.

Vilson Estácio Maia já recebeu homenagens da Câmara Municipal de Imperatriz e da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão. Pela Casa, foi condecorado com o Título de Cidadão Maranhense, indicação do deputado estadual Carlinhos Florêncio.

A seguir, na íntegra, confira a entrevista com o empresário Vilson Estácio Maia:

O PROGRESSO – Como o senhor avalia 2020?

VILSON ESTÁCIO MAIA –
Foi um ano positivo, apesar da pandemia provocada pelo novo coronavírus (covid-19). O comércio teve de ficar fechado durante um longo período. O comércio de nossa cidade, entretanto, reagiu muito bem durante o período pós-reabertura. As coisas estão voltando a sua normalidade.

O PROGRESSO – E sobre a atuação do Sindicom?

VILSON ESTÁCIO MAIA –
O sindicato tem desenvolvido um forte trabalho em prol do comércio. Ou seja, sua presença tem sido positiva no que diz respeito ao apoio aos lojistas. Realizamos uma Convenção Coletiva de Trabalho bem interessante, que conseguiu agradar patrões e empregados. O documento foi desenvolvido em tempo recorde.

O PROGRESSO – Presença do sindicato?

VILSON ESTÁCIO MAIA –
O sindicato tem uma atuação marcante. Há 30 anos, defendendo o comércio de nossa cidade, discutindo, negociando reajustes salariais e regulamentando o comércio de um modo geral. A entidade tem presença firme na regulamentação de todas as datas festivas especiais.

O PROGRESSO – Como o empresário deve fazer para se associar ao Sindicom?

VILSON ESTÁCIO MAIA –
É muito fácil. Basta procurar a nossa secretária, Poliana, no Palácio do Comércio e Indústria de Imperatriz, localizado na Rua Bom Futuro, 455, Centro. O processo é simples, sem burocracia.

O PROGRESSO – O que o senhor tem a dizer sobre as novas lideranças empresariais surgidas em nossa cidade, entre as quais o empresário Marcone Marques, ex-presidente da Associação dos Lojistas do Calçadão e, agora, diretor do Sindicom?

VILSON ESTÁCIO MAIA – I
mperatriz tem a vocação para atrair lideranças naturais, pessoas que são destaques nas áreas em que atuam. Um dos exemplos em nosso cenário, hoje em dia, é o empresário Manoel Marcone Marques, com atuação expressiva nas ações que visam o fortalecimento do comércio local.

O PROGRESSO – Expectativas para 2021?

VILSON ESÁCIO MAIA –
As expectativas são no sentido de que tenhamos um ano estável econômica e politicamente. Durante os anos em que não acontecem eleições, são bons para o comércio.

O PROGRESSO – Que mensagem o senhor deixa para os empresários?

VILSON ESÁCIO MAIA –
Desejo que 2021 seja um ano de muitas realizações em prol do processo de desenvolvimento de Imperatriz. Que os empresários tenham sucesso em seus negócios. Juntos, enfrentaremos as dificuldades eventualmente surgidas. (Raimundo Primeiro)

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...