MENU

23/12/2020 às 00h00min - Atualizada em 23/12/2020 às 00h00min

Sedec aponta principais trabalhos realizados durante a pandemia

Ações continuaram e foram adaptadas à nova realidade

Regilson Borges - Ascom
Projeto Feira Cidadã foi um marco nas ações da Sedec em 2020, contribuindo com geração de emprego e renda dos produtores locais - Foto: Edmara Silva
Mesmo diante de um cenário pandêmico, com a oferta dos serviços públicos parcialmente limitados, a Secretaria Municipal de  Desenvolvimento Econômico, Sedec, não mediu esforços para que os trabalhos continuassem em Imperatriz. Determinação do prefeito  Assis Ramos para que as medidas de precaução contra a Covid – 19 fossem seguidas, mas que os serviços não fossem interrompidos.

A grande novidade deste ano foi a realização da Feira Cidadã. Após a flexibilização das atividades comerciais, a Prefeitura de Imperatriz implementou o projeto que contribui com a geração de renda dos comerciantes locais. Inicialmente, a primeira edição foi realizada na praça da Bíblia, no bairro Bacuri, e contemplou 100 feirantes.

De acordo com a Sedec, a proposta da Feira Cidadã é alcançar todos os bairros da cidade. Ela já ocorre no bairro Santa Inês, na Lagoa Verde e na Beira Rio. Toda a infraestrutura é ofertada pela Prefeitura, como iluminação, barracas e atração cultural. Dos produtores, o compromisso é de apenas levar os materiais para serem vendidos. Os comerciantes são todos cadastrados na Sedec.

Outra grande conquista deste ano foi a aquisição de uma unidade móvel para integrar o projeto Sedec Itinerante. Uma van customizada foi adquirida no valor de R$ 183 mil, com recursos do Tesouro Municipal. Os servidores da secretaria saem do escritório e levam até a comunidade mais distante do Centro da cidade, serviços como a formalização de  microempreendedores individuais.

“Para estes e outros serviços, a Sedec tem uma estrutura com suporte e trabalho de uma equipe multiprofissional, que inclui administradores, advogados, economistas, turismólogos e outros para atender a população”, comenta o secretário de Desenvolvimento Econômico, Wilson Filho.

A geração de emprego e renda também são proporcionados pelo incentivo ao turismo na cidade. As características de Imperatriz, como a de ser um polo econômico e educacional, além das belezas naturais que a cidade possui, como as praias que surgem no Rio Tocantins, fomentam a vinda de diversas pessoas para o município.

Superintendência de Turismo, ligada à Sedec, realizou, durante todo o ano, conversas com as empresas locais sobre a importância dos estabelecimentos possuírem o cadastro no site do Ministério do Turismo, o Cadastur, responsável por conceder benefícios aos empreendimentos.

“O setor de Turismo foi um dos mais impactados com essa pandemia. A Superintendência de Turismo realizou ações de divulgação do Selo Turismo Responsável Limpo e Seguro, programa do Ministério do Turismo que desenvolveu orientações específicas para cada segmento nesse período de pandemia”, lembra a turismóloga Lizandra Carvalho.

Emprego
O atendimento da Sala do Empreendedor não parou. Em 2020 foram registrados mais de 169 atendimentos na modalidade presencial, e 226 atendimentos de forma virtual. Mesmo na pandemia, o auxílio aos microempreendedores realizado pela Sedec continuou. O número de empreendedores formalizados desde 2016 chegou a ser de 5.464.

Em relação às políticas para geração de emprego, o Sine Municipal contribui com a intermediação da mão de obra entre as empresas e os cidadãos. Além das vagas de rotina solicitadas ao órgão, o Emprega Imperatriz deste ano destinou 195 vagas para Pessoas com Deficiência, PDC. As vagas foram resultado das fiscalizações do Ministério Público do Trabalho; Ministério da Economia, por meio da Superintendência do Trabalho e Emprego do Maranhão; Ordem dos Advogados do Brasil, OAB, e a  Prefeitura de Imperatriz.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...