MENU

18/12/2020 às 00h00min - Atualizada em 18/12/2020 às 00h00min

Implantação do Banco de Alimentos fortalece ainda mais a Política de Segurança Alimentar do Maranhão

Banco de Alimentos está sendo ampliado para atender grande demanda de doação de alimentos

Assessoria
Foto: PROCAF/Honório Moreira
Desde a sua implantação em junho de 2019, o Banco de Alimentos distribuiu mais de 250 toneladas de alimentos. Coordenado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes), o equipamento de segurança alimentar contribui com a diminuição da fome e do desperdício de alimentos no Maranhão, arrecadando legumes, frutas, verduras, grãos, cereais, massas frescas, carnes, leites e derivados, e distribuiu para milhares de pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Instalado no Centro de Distribuição de Hortifrutigranjeiros (Ceasa), em São Luís, o Banco de Alimentos conta com uma equipe multiprofissional composta por nutricionistas, técnicos e demais profissionais que fazem a coleta, seleção, processamento e distribuição de alimentos que são captados junto à rede de doadores.

Para o secretário Márcio Honaiser, o Banco de Alimentos é mais uma experiência exitosa do Governo do Estado na Política de Segurança Alimentar, que além de promover saúde e uma alimentação de qualidade aos beneficiários, reduz o desperdício de comida.

“Desde a sua inauguração, em junho de 2019, já distribuímos mais de 250 toneladas de alimentos. Este ano, mesmo com as dificuldades da pandemia, conseguimos retomar com as atividades em segurança e ajudando a manter uma alimentação saudável de quem mais precisa. Agradecemos aos parceiros deste importante trabalho que garante o direito das pessoas de ter uma alimentação digna”, afirmou o secretário.

Ampliação do Banco de Alimentos 
Para atender a grande demanda de doações e disponibilizar um serviço de qualidade aos beneficiários, o Banco de Alimentos será ampliado e passará por melhorias nas suas instalações.

Depois de aderir ao edital de Seleção Pública de Propostas para Apoio à Modernização de Bancos de Alimentos, disponibilizado pelo Ministério da Cidadania, o Maranhão foi contemplado com o valor de R$ 500 mil para reformas, instalação de câmera fria, aquisição de máquinas, equipamentos e material de consumo.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...