MENU

18/12/2020 às 00h00min - Atualizada em 18/12/2020 às 00h00min

José Carlos usa a Tribuna e agradece vereadores e o povo em sua última sessão como presidente do Legislativo

Sidney Rodrigues - ASSIMP
Zé Carlos declara que sai do mandato com a missão cumprida e que sempre estará pronto para servir, onde Deus assim determinar - Foto: Fábio Barbosa
Antes do encerramento da última sessão ordinária de 2020, na terça, 15 de dezembro, o vereador-presidente José Carlos Soares Barros (PATRIOTA) deixou sua mensagem para a população de Imperatriz e para seus colegas vereadores.

Cumprimentou a todos, agradeceu pela oportunidade e prosseguiu com uma pequena estória: Disse que em 1974 estudava no SESI no 4º ano do primário e aconteceu uma eleição para escolher o carteiro da escola, este levaria correspondências e faria a integração entre as turmas da manhã e da tarde. Esta foi a primeira eleição que ele ganhou.

De lá para cá, sua vida foi disputar eleições. Foram oito disputas para vereador, três para presidente, duas para secretário e uma para vice-presidente, de modo que aos 57 anos enfrentou várias batalhas.

“Nunca deixei o mandato de vereador ficar acima de minha pessoa, pois eu sou maior que o mandato. Os cargos são passageiros e mesmo após minha morte meu nome ficará. A missão de ser vereador, de ser presidente eu cumpri, passei seis anos servindo aos nossos servidores, aos vereadores, a cidade, a imprensa, aqueles que gostam e aos que não gostam de mim. Sempre servindo. Quem nasce para servir também será servido, pela gratidão, amizade, consideração e respeito, pois por onde passei só deixei muitos e grandes amigos, com um legado de quase 100% de aprovação. Quando você se reveste do bem, nada dá errado. Basta se afastar da perversidade e não desejar mal a ninguém”, disse. 

Destacou que sai com a certeza da missão cumprida e fora da Câmara vai trabalhar como sempre fez. Política sempre foi uma opção. Sai agradecido aos servidores por todo o carinho que todos tem por ele, pois sempre visitou os gabinetes não como presidente, nem patrão, mas sempre como amigo e servidor.

“Saio com a consciência tranquila. Deixo de ser servidor público para servir em outros lugares. Nasci para isso e Deus tem outros lugares preparados para que eu possa continuar fazendo a mesma coisa. Minha gratidão eterna aos vereadores, que votaram em mim para presidente por duas vezes (e citou o nome de todos os parlamentares), à minha família e a meus filhos que estão todos encaminhados e nunca dependeram de política”. 

Falou da valorização que deu aos funcionários, dos avanços que conquistou para o Poder Legislativo durante seus três mandatos e afirmou que em todos os aspectos a casa de leis sai vitoriosa deste ano, que mesmo enfrentando uma pandemia, reelegeu 2/3 dos parlamentares pela primeira vez na história.

“Me despeço desejando um ótimo trabalho aos que ficaram e aos que vão chegar, e deixo a certeza de que por onde se passa, se você fizer falta, irão lhe trazer de volta...”, concluiu.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...