MENU

16/12/2020 às 00h00min - Atualizada em 16/12/2020 às 00h00min

Casos de violência doméstica aumentam em Imperatriz

Dema de Oliveira
Homem sendo conduzido acusado de agredir a própria mãe - Foto> Divulgação/Whatsapp
Os casos de violência doméstica tem aumentado muito em Imperatriz, mas a polícia está atenta e vem agindo com prisões e apresentações na Delegacia Regional de Polícia Civil de Imperatriz, onde a autoridade policial realiza os procedimentos pertinentes aos casos.

Esta semana já foi marcada por casos de violência doméstica em Imperatriz. Os relatórios da Polícia Militar apontam para a prisão de três pessoas. Em um dos casos noticiados, um jovem foi preso depois de agredir a própria mãe. As outras duas ocorrências envolveram casais.

De acordo com um dos boletins, um rapaz de 21 anos foi levado para o Plantão Central depois de bater e tentar matar a companheira por enforcamento. A jovem tem apenas 20 anos e o caso aconteceu na Vila Brasil. Um vizinho do casal também ficou ferido ao tentar socorrer a mulher. Segundo informações dos militares, o homem machucado é proprietário do imóvel em que viviam as duas pessoas. Ele foi agredido com um pedaço de madeira. Consta no relatório policial que o homem apresentava sinais de estar sob efeito de drogas.

No Parque Santa Lúcia, a Polícia Militar foi acionada mais uma vez. Na oportunidade, o atendimento da ocorrência foi feito pela Patrulha Maria da Penha. A vítima contou à polícia que o seu companheiro teria quebrado vários objetos em casa, mas negou que tivesse sido agredida. Entretanto, a mulher tinha um ferimento aparente no rosto. Após consultas, também ficou constatado que o agressor já tinha outras passagens por violência doméstica e que havia uma medida protetiva de urgência vencida. Ele foi apresentado no Plantão Central.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...