MENU

15/12/2020 às 00h00min - Atualizada em 15/12/2020 às 00h00min

Atrações do Festival de Música de Imperatriz começam a ser gravadas

Elson Araújo
Zeca Tocantins, organizador do evento - Foto: Divulgação
A Moara Produções e a Fundação Rio Tocantins deram início às gravações das atrações especiais do Festival, que começa dia 24 e vai até o dia 29 de dezembro.  A Banda Madame Lulu foi a primeira a gravar.

As gravações estão sendo feitas, conforme a comissão organizadora,  num dos estúdios de ponta da cidade. A ideia é fechar um documento musical de qualidade. “Um legado que mostre para o Brasil o melhor da nossa música,  e sirva de referência para as futuras gerações ”, destaca o cantor e compositor Zeca Tocantins, idealizador e organizador do festival.

Outras atrações especiais já entraram em ensaio para também gravar participação no FMI. Além da Banda Madame Lulu, Integram o grupo de atrações especiais do Festival as cantoras Lena Garcia e Zélia Grajaú; os cantores Erasmo Dibell, Chico Martan, Cruz Gago e Osténio,  e ainda as bandas Senzala e Melquiades Dissonantes.

Por conta da pandemia do coronavírus, o FMI, que é financiado pela Lei de auxílio emergencial Aldir Blanc, será realizado pela primeira vez no formato virtual. Toda a programação será disponibilizada nas plataformas digitais, próprias e compartilhadas.

INSCRIÇÕES ENCERRADAS
O cantor e compositor Zeca Tocantins informou, no final da tarde de ontem, que o festival já alcançou cem inscrições. Com esse número a data limite para o encerramento das mesmas, que seria nesta terça 15, ficou prejudicada.  É que foi convencionado que ao atingir o número de cem, as inscrições seriam automaticamente encerradas, e foi o que aconteceu.  “O que denota o sucesso do festival que impressiona pela qualidade do material submetido às cinco eliminatórias”.

O versão 2020 do Festival de Música de Imperatriz é restrita, por força da Lei Federal Aldir Blanc, aos artistas radicados no Estado há pelo menos cinco anos. A lei integra o pacote de auxílio emergencial concebido pelo Governo Federal no período da pandemia.
O Festival é atrativo não só como vitrine para os artistas maranhenses, mas também porque a premiação é atrativa. A premiação vai de três a cinco mil reais. A grande final será dia 29 de dezembro.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...