MENU

15/12/2020 às 00h00min - Atualizada em 15/12/2020 às 00h00min

Trabalho de monitoramento da Covid-19 é realizado em Imperatriz

Maria Almeida - Ascom
Rastreamento começou em outubro e segue até o início do processo de vacinação no próximo ano - Foto: Maria Almeida
Mais uma ferramenta de controle da Covid-19 no município, o monitoramento é feito com rastreamento de pacientes com diagnóstico positivo por meio de ligações e busca ativa de casos com visitas domiciliares. A intenção principal é bloquear a cadeia de infecção da doença, impedindo que outras pessoas sejam contaminadas em grande escala.

A secretária de Saúde, Mariana Jales, explica que inciativa obedece determinação do Ministério da Saúde e que  Imperatriz sai a frente, sendo um dos únicos municípios do Maranhão que já está com monitoramento em prática. Na manhã dessa segunda-feira,14, a secretária se reuniu com a coordenadora da Vigilância em Saúde, Giselly Vieira, da Atenção Básica, Sormane Branco e da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar, CCIH da UPA São José, Karine Carrilho, para redefinir logística do monitoramento.

“Nossa intenção é manter o máximo de controle, uma vez que ainda não temos a vacina para fazer esse bloqueio. O monitoramento é feito naqueles que tem teste positivo, ou que a análise clínica e história epidemiológica seja sugestiva de coronavírus. Monitoramos cada contato por 14 dias” – informou Mariana Jales.

A coordenadora da Vigilância ressalta que o rastreamento é feito com preenchimento de uma ficha que são lançadas na plataforma do governo Notifica Covid Ma. “Independente do contato ser domiciliar, de trabalho ou social. O próprio sistema define os contatos a serem monitorados. Cada contato recebe através de ligações ou visitas, orientações sobre isolamento, início de sintomas e prevenção” – esclarece Giselly. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...