MENU

12/12/2020 às 00h00min - Atualizada em 12/12/2020 às 00h00min

Escola Santa Rita entregue à comunidade da Boca da Mata

Investimento do Fundef garantiu escola digna e livre de alagamento

Sara Ribeiro - Ascom
Está é a 18º escola reformada ou construída entregue à comunidade este ano - Fotos: Sara Ribeiro
Com melhorias que irão beneficiar mais de 200 alunos em 2021, a Escola Municipal Santa Rita está de cara nova, após reforma, ampliação e climatização. Inaugurada nesta quinta-feira, 10, a instituição foi completamente reconstruída e entregue à comunidade escolar. 

Com oferta de Educação Infantil e Ensino Fundamental até o 3º ano, a instituição ganhou novos espaços, incluindo salas de aula, de robótica educacional, informática, biblioteca, e ambientes administrativos.

Antes, com graves problemas de drenagem e alagamentos, com a revitalização tudo foi resolvido. “Elevamos o piso em 1 metro, pois a escola ficava abaixo do nível da rua e garantimos todas as melhorias para que chegássemos até aqui, uma escola nova. Tudo isso graças ao nosso prefeito Assis Ramos que cuida da nossa cidade, em especial da educação”, destacou secretário de Administração e Educação,  José Antônio Pereira

A solenidade também contou com apresentação cultural dos alunos da unidade de ensino em agradecimento pela conquista. “Prefeito Assis é como um beija-flor, pois com sua gota de boa vontade veio tornar a Escola Santa Rita um pedacinho lindo do nosso  mundo”, agradeceu a pequena Shara Magalhães, aluna da escola.

Conforme as outras instituições reformadas e construídas entregues esse ano, a Escola Santa Rita recebeu mobiliário novo, desde a parte pedagógica aos utensílios domésticos.  Para a gestora Elza Dias foi “um grande presente de natal para a nossa comunidade. Estou muito feliz”, agradeceu.

Em discurso, o prefeito Assis Ramos enfatizou as mudanças da escola, afirmando que, praticamente, houve uma reconstrução da estrutura predial. “Estamos aqui realizando as ações da forma como deve ser feito, melhorando a vida dos imperatrizenses, sobretudo, dos nossos pequeninos, a escola é exemplo disso. Estive aqui antes e como estava não podia ficar. Agora, é continuar trabalhando”

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...