MENU

10/12/2020 às 00h00min - Atualizada em 10/12/2020 às 00h00min

Acusado de feminicídio no Maranhão é preso no Ceará

O crime aconteceu domingo passado, na cidade de Água Doce do Maranhão

Fonte: SSP-MA
Viaturas da Polícia Civil do Maranhão durante ação da investigação do crime - Foto: Divulgação/PC-MA
A Polícia Civil do Maranhão (PCMA) e Polícia Militar do Ceará, em trabalho integrado, capturaram nesta quarta-feira (9), na cidade de Caucaia-CD, o suspeito de iniciais F.C.S.C., que é apontado como o autor do crime de feminicídio, cuja vítima foi Maria Eliete Mendes Dias, assassinada domingo (6). Maria Eliete foi encontrada morta na casa do suspeito, no bairro Mangueirão, em Água Doce do Maranhão, distante 534 km de Imperatriz.

Segunda-feira (7), a Polícia Civil tomou conhecimento que havia uma pessoa morta em uma residência, na Rua São Sebastião, bairro Mangueirão. Imediatamente uma equipe da Polícia Civil deslocou-se ao ponto informado e, por meio de investigação, descobriu-se que a vítima foi morta com golpes de madeira, foice e barra de ferro. Também identificou a autoria do crime, que é justamente F.C.S.C. homem com quem a vítima se relacionava amorosamente.

Havendo ainda a notícia de que a mãe do suspeito reside na cidade de Caucaia (CE), de onde ele tinha vindo, havia poucos dias e poderia ter buscado refúgio naquele município que fica localizado na área metropolitana de Fortaleza. Foi feito a ponte e a Polícia Militar de Caucaia, iniciou levantamentos, conseguiu localizar o suspeito. Uma cópia do mandado de prisão temporária, emitida pela justiça de Barreirinhas a cujo termo pertence Água Doce do Maranhão, foi enviado para a PM no Ceará, que foi cumprido nesta quarta-feira. Em seu depoimento prestado a Polícia Civil em Caucaia, F.C.S.C., confessou o crime. Em seguida foi encaminhado ao Sistema Prisional em Caucaia, de onde será recambiado para o Maranhão.

“Esse trabalho integrado e ação rápida das Polícias Civil e Militar do Ceará é um exemplo de como a adoção dessa postura entre as forças de segurança é o meio mais eficaz de solucionar crimes e dar respostas à sociedade, proporcionando maior sensação de segurança e possibilitando a responsabilização dos infratores”, afirma o delegado regional de Barreirinhas, Ricardo Carneiro.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...