MENU

10/12/2020 às 00h00min - Atualizada em 10/12/2020 às 00h00min

Polícia Civil prende em flagrante suspeito de estupro e roubo

Dema de Oliveira
Pablo de Morais Amaral já se encontra na Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz - Arquivo/O PROGRESSO
A Polícia Civil do Maranhão prendeu em flagrante delito, nesta quarta-feira(9), em Imperatriz, Pablo de Morais Amaral, 28 anos, pelos crimes de estupro e roubo majorado, que já era investigado por crimes de estupro, roubo e tentativa de homicídio.

O acusado conheceu a vítima em uma festa e, após alguns dias trocando mensagens, convidou-a para almoçar. No entanto, ele levou a vítima para um lugar ermo, e armado com um facão, sob graves ameaças, amarrou-a e depois a estuprou. Depois a deixou abandonada local. Ele ainda roubou celular, relógio e documentos da vítima.

A vítima buscou ajuda e foi levada para a Delegacia Regional de Polícia Civil em Imperatriz, onde relatou o fato. Depois de fazer levantamentos, pesquisas e uma longa campana, a equipe do Grupo de Pronto emprego (GPE/Imperatriz), encontrou o acusado quando estava indo a um shopping da cidade com a mãe, dando-lhe voz de prisão, antes que ele adentrasse o local.

O preso, Pablo de Morais Amaral, é investigado por outros dois crimes similares. Inclusive, em um deles, tentou matar a vítima, dando-lhe um tiro na boca. E para não morrer, a vítima fingiu-se de morta, ocasião em que ele roubou todos os seus pertences, fugindo do local.

A prisão se deu através da 10ª Delegacia Regional de Imperatriz (10ª DRPC), por intermédio do Grupo de Pronto Emprego (GPE), com apoio da Delegacia Especial da Mulher (DEM/Imperatriz) que realizou as formalidades e encaminhou o suspeito ao Sistema Prisional, onde encontra-se preso à disposição da justiça.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...