MENU

28/11/2020 às 00h00min - Atualizada em 28/11/2020 às 00h00min

Diplomação deverá ser por videoconferência

Willian Marinho
Divulgação
Com prazo máximo para ocorrer até o dia 18 de dezembro, a diplomação dos eleitos no último dia 15 deverá ocorrer de forma diferente para evitar aglomeração. Até o momento, os juízes eleitorais das zonas que funcionam em Imperatriz ainda não anunciaram a data em que deverão diplomar o prefeito Assis, seu vice e os 21 vereadores, além do primeiro suplente de cada partido
.
De acordo com a informação do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, por causa da pandemia da Covid-19, pela primeira vez a solenidade de diplomação será feita por videoconferência. O TER-MA vai usar salas fechadas do aplicativo Google Hangouts Meel para a diplomação. A medida tem como objetivo manter o distanciamento social.

Caberá a cada juiz eleitoral definir a forma e a data em que deverão diplomar os eleitos e suplentes, contudo não deverá ultrapassar a data limite que é 18 de dezembro, quando até lá todos os candidatos deverão prestar e ter aprovadas suas contas de campanha, que já estão sendo julgadas pela justiça eleitoral.

Todos os eleitos aguardam com expectativa a marcação da data, não só em Imperatriz mais em toda a região. O modelo da solenidade de diplomação ainda não foi definido pelos juízes e que estão avaliando a situação, principalmente depois que foram registrados novos casos de infecção do coronavirus em Imperatriz.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...