MENU

28/11/2020 às 00h00min - Atualizada em 28/11/2020 às 00h00min

Jovem é assassinado a tiro durante assalto em Imperatriz

Crime aconteceu em uma residência na rua Rio Grande do Norte, Nova Imperatriz

Dema de Oliveira
Weverton Guilherme Silva Bezerra foi vítima de latrocínio - Foto: Divulgação/Whatsapp
 
Um jovem de 22 anos foi assassinado a tiros na porta de casa durante um assalto no bairro Nova Imperatriz, em Imperatriz, segunda maior cidade do Maranhão. O crime aconteceu no fim da noite desta quinta-feira (26), em uma residência na rua Rio Grande do Norte, Nova Imperatriz.
 
Identificado como Weverton Guilherme Silva Bezerra, 22 anos, que era filho de um policial militar aposentado, o jovem foi assassinado após abrir a porta para familiares que chegavam da igreja. O assaltante, numa bicicleta, havia acabado de assaltar um homem quando percebeu que duas jovens estavam chegando em casa. Ele correu na direção delas, que bateram na porta. O jovem abriu a porta, foi rendido pelo bandido, que pediu o celular e como ele não estava com o aparelho, foi atingido com um tiro, que atingindo-lhe o rosto.
 
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) atendeu ao chamado, mas o médico atestou que Weverton Guilherme já estava em óbito.
 
Esse é o décimo homicídio registrado em Imperatriz nesse mês de novembro, que está se constituindo em um dos mais violentos do ano, em se tratando de crimes de assassinato. Durante o ano, já são 110.
 
O caso está sendo investigado como sendo crime de latrocínio (roubo seguido de morte), cuja pena pode chegar a 30 anos. O julgamento desse tipo de crime é feito pelo próprio magistrado, sem a necessidade do Tribunal do Júri, e é considerado pelo Código Penal, como crime hediondo.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...