MENU

26/11/2020 às 19h04min - Atualizada em 28/11/2020 às 09h00min

Dicas para futuros empreendedores

Entre o sonho e a realidade, há um longo caminho a percorrer

SALA DA NOTÍCIA Gazeta da Semana
www.SalaDaNoticia.com.br
Foto: Divulgação/SDN
Cada vez mais, seja por vontade própria ou por mudanças no mercado de trabalho, as pessoas apostam no empreendedorismo como forma de prosseguir na sua carreira ou mesmo tirar do papel aquele sonho antigo de empreender.
Entre o  sonho e a realidade, há um longo caminho a percorrer. É verdade que muitos empreendedores são autodidatas. Buscam uma informação ali, outra aqui, e conseguem levar os seus negócios a partir das suas experiências de vida. Mas nos dias de hoje, com inúmeras formas para se obter conhecimento, são minoria. Tocar um negócio envolve tecnologia, conhecimento, além da questão humana, que sempre será um diferencial.
Preparamos aqui 8 dicas para você que pretende iniciar ou está em fase de implantação do seu negócio. É um caminho bastante duro, mas que pode trazer muitas alegrias a você. Foco e esperança estão no DNA de qualquer empreendedor.

1) Fuja da informalidade

Se a ideia é começar um negócio duradouro, de saída, fuja da informalidade. No começo, muitos optam por trabalhar sem registrar o negócio, basicamente para evitar custos. Sem um CNPJ é impossível emitir notas fiscais, o que pode fazer com que você perca boas oportunidades. A melhor forma para quem está começando é optar por ser um Microempreendedor individual. Com esse registro você pode faturar até R$ 81 mil por ano. O MEI reúne de maneira simplificada todos os impostos e dispensa o serviço de um contador.

2) Plano de negócios

Sem um bom plano de negócios, é pouco provável que a sua empresa vá longe. Vale para quem está abrindo o negócio, mas também para quem pretende ampliar o seu empreendimento. Ainda que ele não elimine os riscos, certamente vai ajudar você a diminuir as incertezas do seu negócio. Um bom plano de negócios deve organizar as ideias para o início do empreendimento e apoiar a administração do negócio, em números ou estratégias.

3) Estratégia

Pensar em uma estratégia também é um ponto importante! Conhecer bem o ramo de atividade que você pretende explorar, definir quais serão os produtos a serem oferecidos, e analisar o local de estabelecimento (se ele for físico) precisam ser levados em consideração antes de montar o seu negócio. Nos casos de empreendimentos apenas virtuais, essa estratégia também precisa ser muito bem pensada, já que é necessário um diferencial para concorrer com todos os que estão na rede.

4) Análise de mercado

Uma boa análise de mercado também vai ajudar o seu negócio a prosperar. É preciso saber quem é o seu público alvo, quem são os seus concorrentes diretos, e possíveis fornecedores. Em seguida é preciso pensar em como posicionar o seu produto e aí o custo benefício deve ser levado em conta para uma boa precificação.

5) Plano financeiro

Ele deve ser um guia para que o empreendedor tenha noção de quanto é necessário investir para tirar a empresa do papel. No cálculo devem ser levadas em conta as estimativas de custos iniciais, despesas e receita. O capital de giro, fluxo de caixa e lucros também devem estar contidos dentro desse plano, que diminui o risco de uma largada em falso.

6) Consulte pessoas experientes

Nem todo mundo gosta de compartilhar as suas ideias quando está iniciando um negócio. Mas esse pode ser um erro a ser evitado. Procurar informações com quem já está no mercado há mais tempo pode ajudar a evitar erros primários. Participar de palestras e seminários, conhecer outros empreendedores, e obter o máximo de informações possíveis na sua área de atuação vai ajudar você a correr menos riscos desnecessários.

7) Procure se diferenciar

Para se destacar da concorrência é preciso apresentar um diferencial que faça com que o seu produto ou serviço passe a ser essencial para o consumidor. Apresentar soluções inovadoras é hoje um dos principais diferenciais, assim como ter uma postura de responsabilidade social. Produtos sustentáveis devem estar na mira de quem está começando.

8) Crie uma identidade para a sua marca

O logotipo, um cartão de visitas e tudo o que apresentar a sua marca visualmente precisa de um tratamento caprichado. Um site, ainda que simples, e boas páginas nas redes sociais também vão ajudar a estreitar a relação com o seu cliente. Mas é claro que, para isso, é necessário produzir um bom conteúdo.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...