MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
23/01/2023 às 21h40min - Atualizada em 23/01/2023 às 21h40min

Maranhão vira para cima do IAPE e vai à final do primeiro turno

Canário da Ilha leva vantagem para o intervalo, mas vê Bode reagir na segunda etapa e avançar para a decisão

Assessoria/MAC
Maranhão vence o Iape e está na final do primeiro turno do Campeonato Maranhense - Foto: Iury Oliveira
 
O Maranhão venceu o IAPE de virada por 3 a 1, na tarde de domingo (22), no Nhozinho Santos. A partida única foi válida pela semifinal do primeiro turno do Maranhense.

O Canário da Ilha abriu o placar com Pedro Victor. Mas no segundo tempo, o Bode fez prevalecer a pressão e virou o confronto com gols de Alexandre, Rodriguinho e Gabriel.

Com o resultado, o Maranhão avança para a final, e aguarda o vencedor de Sampaio Corrêa x Moto Club, na outra semifinal que será disputada na quinta-feira (26), às 20h15, no Castelão. A final do primeiro turno também será disputada em partida única.

O jogo
O Maranhão tomou conta das ações no primeiro tempo, mas não conseguiu transformar a intensidade no ataque em gols. O IAPE, por sua vez, foi mais cirúrgico em sua estratégia, esperando o momento certo para investir no setor ofensivo. Aos 29 minutos, Luís Vinícius invadiu a área e tocou por baixo da marcação para Pedro Victor abrir o placar. Mesmo com o gol sofrido, o Maranhão continuou pressionando, mas o IAPE conseguiu levar a vantagem para o intervalo.

O segundo tempo seguiu o mesmo roteiro do primeiro, com mais pressão do Maranhão em busca do empate, e com um IAPE fechando bem os blocos defensivos. O Bode até chegou a empatar aos 27 minutos, com Gileard, mas anulado pela arbitragem. O time quadricolor continuou insistindo, e aos 31 minutos veio o empate. Alexandre, que entrou no segundo tempo, dominou passe de Jorge na entrada da área e emendou com força e sem chances para Wenderson. E o ponto alto da insistência do Bode veio com um jogador que também saiu do banco para resolver. Aos 41 minutos, Rodriguinho cobrou uma bela falta e colocou o Maranhão à frente do placar.

Ainda deu tempo para Gabriel, aos 47 minutos, marcar o terceiro para e selar a vaga do Bode na final do primeiro turno do Estadual.

Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90