MENU

OPROGRESSONET Publicidade 1200x90
OPROGRESSONET Publicidade 728x90
20/01/2023 às 18h09min - Atualizada em 20/01/2023 às 18h09min

Tribunal de Justiça do Maranhão revoga habeas corpus de acusado de feminicídio

Empresário Rony Veras Nogueira voltou à prisão

Dema de Oliveira
Rony Veras já está novamente no sistema prisional do Maranhão - Fotos: Arquivo/O PROGRESSO
 
O Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA) revogou, nesta quinta-feira (19), o alvará de soltura e expediu um novo mandado de prisão contra o empresário Rony Veras Nogueira, acusado de assassinar a tiros sua esposa, Ianca Vale do Amaral, de 26 anos, em Dom Pedro, cidade a 436 km de Imperatriz. O caso aconteceu em maio do ano passado.

A decisão é do desembargador Paulo Velten. Ao analisar o pedido, o desembargador pediu que a Vara Única de Dom Pedro fosse notificada com urgência, para dar cumprimento ao mandado de prisão contra o acusado.

Rony Veras Nogueira foi preso na época do crime, mas foi solto em 6 de dezembro, cerca de sete meses após o feminicídio, sob a condição de usar uma tornozeleira eletrônica.

A Polícia Civil do Maranhão informou que o mandado de prisão contra Rony Veras Nogueira foi cumprido no mesmo dia da revogação do habeas corpus. A ação contou com o apoio de policiais de Dom Pedro e do Grupo de Pronto Emprego (GPE) de Presidente Dutra. Em seguida, ele foi encaminhado para o Sistema Penitenciário do Maranhão.

Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90