MENU

09/12/2022 às 08h34min - Atualizada em 10/12/2022 às 00h02min

Um registro do isolamento

290 dias, um vírus e a palavra como companheira

SALA DA NOTÍCIA Angelo Asson
https://angeloasson.wordpress.com/trechos-de-transbordamento/
Divulgação
O livro “Transbordamento – A palavra como companheira”, do escritor paulistano Angelo Asson, é uma compilação de crônicas e poesias que foram escritas entre março e dezembro de 2020, durante o primeiro ano do isolamento social causado pela pandemia da Covid-19.
Os textos expõem muito do que o autor sentiu no transcorrer daqueles dias, que se tornaram cada vez mais repetitivos. Talvez “montar” seja a palavra mais correta para definir o modo como o livro foi concebido, já que os textos não foram escritos com a pretensão de se tornarem um registro literário. Alguns fatos que marcaram o ano foram inseridos ao longo da obra para que o leitor possa notar a correlação que havia entre determinados textos e o que estava acontecendo paralelamente no país e no mundo, e que acabavam por contaminar seus pensamentos e as emoções.
O ano de 2020 foi um período de descobertas e reflexões. O autor teve tempo para se reencontrar com a sua essência, questionar algumas atitudes e repensar as suas buscas na vida. “Todos nós pudemos encarar a nossa finitude e vulnerabilidade frente às forças da natureza. Tudo o que fazemos contra ela tem as suas consequências. Ficou muito clara a responsabilidade de cada um para que possamos manter o equilíbrio da teia da vida”, declara o escritor.
Segundo Angelo, o que mais o ajudou a suportar o tédio e a tensão daqueles dias foi a escrita. A palavra foi a sua fiel companheira no período de isolamento. “Ao mesmo tempo que expulsava os pensamentos ruins, colocava em seu lugar a alegria e a esperança. Enquanto escrevia, eu era transportado para lugares que me afastavam da dura realidade em que estávamos vivendo”.
Para o autor, agora é hora de juntar os cacos, colocar em prática as lições aprendidas e caminharmos juntos para transformar o que costumávamos chamar de “vida normal” numa realidade mais justa, solidária e com uma maior integração com a natureza. “Precisamos reescrever a história, romper as fronteiras sociais e zelar pelos nossos filhos, dando a eles atenção e carinho, para que não se percam no caminho. É preciso ensinar a eles valores e princípios por meio do exemplo, para que tenham em nós a referência de como tratar o próximo com o respeito que merecem.”


Feito em casa

“Transbordamento” foge aos padrões tradicionais de design e impressão, e foi assim concebido para simbolizar o período de isolamento ao qual fomos submetidos em 2020. A começar pelos layouts diferenciados de cada página, mais adaptados ao conteúdo dos textos do que a uma estrutura gráfica rígida. O visual em preto & branco retrata a obscuridade daqueles dias. A produção caseira remete à necessidade de adaptação a uma vida de reclusão, e o papel reciclado foi escolhido em respeito à natureza. Outro diferencial é a liberdade que o leitor tem de escolher uma segunda capa. Numa época em que tantas pessoas foram tratadas como números, nada melhor do que ter em mãos uma obra personalizada.


Sobre o autor

Nascido em São Paulo em 1964, Angelo Asson cursou Propaganda & Marketing na ESPM, e trabalhou durante 30 anos com artes gráficas em algumas das maiores editoras do país, mas foi apenas em 2015 que sentiu o grande desejo de iniciar uma carreira de escritor. O autor produz seus livros de forma independente e navega pela poesia, contos e crônicas. Suas maiores inspirações são as pessoas, os sentimentos e o cotidiano nas grandes cidades.


Outros trabalhos
 
“Coisas da vida... minha” (poemas / 2017)
• Série “Folhetos Paulistas” (cordel, poesias, contos e crônicas / 2018)
“As Crônicas do Metrô”, (crônicas / 2019)
“Dicas de escrita criativa” (escrita criativa / 2020)
“Inacio – Uma semente de esperança” (conto / 2020)
“O mundo que habito e o visitante inesperado” (conto distópico / 2022)
“A face poética da morte” (poemas / 2022)


CONTATOS
email: [email protected]
whatsapp: (11) 9 9555-3005

instagram: @angeloasson
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90