MENU

OPROGRESSONET Publicidade 1200x90
OPROGRESSONET Publicidade 728x90
08/12/2022 às 16h27min - Atualizada em 09/12/2022 às 00h03min

Inspirado em carta de tarô, cantor e compositor Bastoos lança seu novo single “The Emperor”

“The Emperor'' é uma canção inédita e inspirada no quarto arcano maior do Tarô: O Imperador

SALA DA NOTÍCIA Imprensa
Créditos: Bruno Nunes e Bastoos

Inspirado em cartas de tarô e trazendo mensagens sobre temáticas importantes, o cantor e compositor Bastoos, acaba de lançar seu mais novo single de trabalho, a inédita canção “The Emperor”. O novo som já está disponível em todas as plataformas digitais. 

“The Emperor'' é uma canção inspirada no quarto arcano maior do Tarô: O Imperador. A carta do Imperador representa o domínio da lógica sobre a emoção, o domínio da mente sobre o coração. É uma retomada da liderança da própria vida. Vulnerabilidade, empoderamento e superação também são sentimentos que a música carrega.

A composição chega como um recorte de quando alguém percebe que está vivendo um relacionamento abusivo. Além disso, é um recado e lembrete para o próprio cantor.  “Sempre ouvi muitas histórias sobre relacionamentos abusivos, sobre relações de dominação, mas quando isso acontece com a gente ou próximo da gente, é muito mais intenso”.

Como membro da comunidade LGBTQIA+, ele conta que sente que isso é ainda mais presente. “Escrevi essa música há alguns anos quando percebi o quanto estamos sujeitos a situações como essa. Por sermos tão duramente criticados diariamente, estarmos sempre em alerta por conta da LGBTfobia, nos sentimos tão vulneráveis e tão julgados, que acabamos nos colocando em relações nada saudáveis, muitas vezes por medo de não nos sentirmos suficientes, ou achar que não conseguiremos ter afeto nenhum por sermos quem somos. E é sobre isso que escrevi”, completa o artista.

"Da mesma forma que você me acende, você me inspira, mas juro que não vou segurar sua m*rda pendurada na minha voz", é assim que o compositor inicia os versos, impondo limites. "Odeio como estou me sentindo, a parte em que me aproximo de uma ostra quando essa faz uma pérola", com essa metáfora ele termina os versos. “Quanto mais nos machucamos em relações assim, mais nós tendemos a nos fechar dentro da nossa concha, porém podemos, assim como as ostras, transformar nossas dores em pérolas”, pondera Bastoos.

O novo som é o início de uma nova trajetória e perspectiva. “Estou muito ansioso para o lançamento! Quero poder encontrar mais pessoas que se identifiquem com o que eu faço, para que possamos compartilhar histórias, criar novos diálogos e construir um lugar seguro para sermos quem somos. Espero que as pessoas ouçam a música e encontrem nela um lugar para se sentirem ouvidos e abraçados, mas além disso, possam se soltar, dançar livremente e se sentir poderosas, que possam erguer a cabeça e se lembrar que as nossas vidas estão em nossas mãos, que cada um de nós é dono de si e que encontrem nessa música a força que falta para superarem o que quer que seja que estejam passando”.

Para 2023…

Bastoos garante que “The Emperor” é só o início. “2023 terá mais lançamentos, novas músicas, novas produções que exploram ainda mais as vozes, essa sonoridade saturada e distorcida, junto com sons inusitados no meio da produção, continuando essa trajetória, essas reflexões sobre nossas relações, abrindo minhas próprias experiências para refletirmos e — finalmente! — a chegada do meu primeiro EP”, finaliza.


 
Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90