MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
07/12/2022 às 17h29min - Atualizada em 07/12/2022 às 17h29min

UEMASUL realiza V Semana Acadêmica de Pesquisa, Inovação e Extensão

O evento expõe 227 trabalhos de iniciação científica contemplando diversas áreas do conhecimento

Ascom/UEMASUL
A SAPIENS é o maior evento de divulgação científica da região Tocantina do Maranhão - Fotos: Ascom/UEMASUL
 
Foi iniciada nesta terça-feira, 06, a V Semana Acadêmica de Pesquisa, Inovação e Extensão (SAPIENS), da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UEMASUL). A solenidade de abertura contou com a presença da Gestão Superior da UEMASUL, do Diretor Científico da FAPEMA, João Batista Bottentuit Junior, de representantes dos estudantes e palestra do Prof. Dr. Douglas Alves Santos, do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

A programação segue nos dias 07 e 08 com exposição de trabalhos, palestras e minicursos. As atividades estão sendo realizadas presencialmente no campus II (auditório e ginásio professor Ezaias Pereira de Sousa) e sendo transmitidas pelo canal da UEMASUL no YouTube.

A SAPIENS reúne este ano 227 trabalhos expostos e mais de 900 pessoas inscritas. Coordenada pela Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PROPGI) e Pró-Reitoria de Extensão e Assistência Estudantil (PROEXAE), a Semana tem como principal objetivo a divulgação dos resultados dos projetos de iniciação científica, de inovação e de extensão desenvolvidos pelas acadêmicas e acadêmicos, no ciclo 2021/2022, promovendo uma integração entre os grupos de pesquisas e as diversas áreas do conhecimento, estimulando o desenvolvimento científico/tecnológico sustentável e a extensão universitária.

“A SAPIENS é o maior evento de divulgação científica da região Tocantina do Maranhão, certamente do sul do estado. É um momento de cooperação de ideias, de interação. Esse ano, pensamos em uma estrutura que pudesse congregar a comunidade acadêmica, para que os estudantes pudessem conhecer os colegas, os professores e aproximar da comunidade, o elemento principal da universidade, que é o que nós produzimos e desenvolvemos, pois, a pesquisa vai servir a sociedade por meio da extensão e também na forma de novos produtos e novos processos” – explicou o pró-reitor de Pesquisa, pós-graduação e inovação, professor Allison Oliveira.

A reitora da UEMASUL, Luciléa Lopes Gonçalves destacou o dever da universidade na produção científica, ressaltando os esforços das instituições e o papel do governo nesse processo. “Inovar, fazer ciência, é dever nosso. Nós não vamos melhorar as condições de vida das pessoas lá fora, melhorar a educação, diminuir a concentração de renda e tantas outras mazelas da sociedade, sem ciência.  As universidades estaduais se organizaram como verdadeiras ilhas para combater o desmando em nível federal que se deu nestes últimos anos em relação à ciência. Então nós tivemos esse privilégio de ter aqui no Maranhão, governos que pensaram e criaram universidades nesses últimos anos” – ressaltou.

Programação de quinta-feira (08)
08h – 11h: Minicursos
11h-12h: Mesa-redonda – Patentes verdes
Prof. Dr. Douglas Alves Santos – Instituto Nacional da Propriedade Industrial
Prof. Dr. Allison Bezerra Oliveira – UEMASUL
Prof. Dr. José Geraldo Pimentel Neto – UEMASUL
Moderador: Prof. Dr. Járisson Cavalcante Nunes – UEMASUL
15h-16h: Palestra de encerramento: Tendências, desafios e oportunidades do Inova Maranhão: um olhar estratégico sobre um dos maiores programas públicos de estímulo à inovação do Brasil.
Adm. Esp. Luiz Vinicius Muniz – Superintendente de Políticas de Inovação e
Cidadania Digital da SECTI
Moderador: Prof. Ms. João Miguel Santos Dias
16h-18h: Cerimônia de premiação e encerramento
18h: Atividade cultural

Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90