MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
05/12/2022 às 18h04min - Atualizada em 05/12/2022 às 18h04min

Ambulatório de Saúde Mental realiza média de 1500 atendimentos mensais

Órgão atende casos leves e moderados de sofrimento emocional e conta com equipe multidisciplinar

Luana Barros
Ascom
O Ambulatório funciona das 7h às 18h e está localizado na Rua Amazonas, nº 520, no Centro. - Foto: Luana Barros
 
A Prefeitura de Imperatriz, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), mantém o Ambulatório de Saúde Mental, que realiza média de 1500 atendimentos mensais. Unidade atende casos leves e moderados de sofrimento emocional e transtornos mentais em que oferece assistência médica, de enfermagem, dentre outros profissionais.

Na manhã desta segunda-feira (05), o vice-prefeito e secretário, Alcemir Costa, visitou o ambulatório, para acompanhar os serviços e ouvir as demandas dos profissionais e pacientes.

“Temos o compromisso de ofertar à população os serviços de saúde de forma integral e com qualidade. Isso se estende aos cuidados com a saúde mental. Aqui temos uma equipe multidisciplinar, com 23 profissionais entre médicos especialistas, psiquiatra, pedagogo, enfermeiro, psicólogas, nutricionista e assistente social”, explica Alcemir Costa.

A psiquiatra Laís Reis atende no ambulatório e falou qual o público que busca pelo serviço. “Nós estamos abertos para receber qualquer pessoa que esteja em processo de sofrimento mental com quadros de depressão, ansiedade, crises de pânico, ou sobrecarga, por exemplo”.

“Realizamos a triagem e assim sabemos qual o perfil do paciente para que seja direcionado para o profissional, de acordo com sua necessidade O Ambulatório funciona de 7h às 18h e está localizado na Rua Amazonas, n.º 520, no Centro”, acrescentou Ana Paula Cardoso, coordenadora do serviço.

Imperatriz conta com uma das redes de saúde mental maior e mais completa do estado, com as seguintes unidades de atendimentos, além do ambulatório: CAPS AD - Álcool e Drogas, para as pessoas com transtornos decorrentes do uso de substâncias psicoativas; o CAPS III Renascer, para transtornos mentais graves e persistentes, e CAPS Infanto-Juvenil, para crianças e adolescentes. 

Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90