MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
05/12/2022 às 18h02min - Atualizada em 05/12/2022 às 18h02min

Ele encontrou a sua vocação com o IEL-MA

Ítalo conta a sua trajetória no Programa IEL Jovem Aprendiz e como o programa contribuiu para transformar a vulnerabilidade em protagonismo em sua vida

Imprensa/FIEMA
Foto: Divulgação
 
SÃO LUÍS – “Sempre quis fazer parte do IEL e ser jovem aprendiz significou bastante em minha vida, pois foi nesse período que eu pude ter uma visão real do meu futuro profissional”, conta Ítalo Ferreira, 19 anos, jovem aprendiz do IEL-MA. Todos nós, em algum momento da vida, precisamos enfrentar diversos obstáculos durante nossa trajetória e, em alguns casos, eles podem parecer impossíveis de atravessar. Contudo, Ítalo escolheu não desistir e buscou motivação no Programa IEL Jovem Aprendiz. 

 “Quando eu entrei no IEL, coincidentemente, a minha vida ficou um caos e foi lá que encontrei forças para prosseguir. Não vivi com meus pais desde os 10 anos de idade e morava com um tio. Tive que enfrentar um grande problema familiar e precisei sair de casa, pois a convivência estava abalada”, conta.   

 Entre os desafios emocionais, Ítalo venceu cada etapa do Programa e foi conquistando o seu lugar no mercado de trabalho. Estudante do curso de Farmácia da Faculdade Estácio, sempre se identificou com a área da saúde. Passou na seleção do Programa IEL Jovem Aprendiz para um contrato de trabalho de 1 ano e 5 meses no laboratório Lacmar. Com o IEL, ele aprendeu habilidades na recepção e atendimento ao cliente, organização de arquivos e saúde e segurança no trabalho. 

“Costumo dizer que o aprendizado da teoria que recebo no IEL eu levo para a minha vida prática no laboratório e enriqueço a minha vida acadêmica. Antes meu sonho era me tornar um grande biólogo, mas hoje quero seguir minha profissão com farmacêutico graças a essa oportunidade”. 

Ítalo vai concluir a formação em fevereiro e logo alcançou a vaga efetiva no laboratório. O comunicado foi feito durante a 2ª Ação Empreendedora do IEL, que foi realizada em duas etapas nos dias 22/11 e 01/12 na FIEMA. “Ele se destacou e teve uma identificação muito boa com a empresa, por isso mereceu ser contratado e em 2023 já estará oficializado como nosso novo colaborador”, declara a farmacêutica certificadora do laboratório Lacmar, Tatiana Alves da Silva. 

“Para o laboratório é gratificante fazer parte desse Programa que abre as portas para quem está iniciando. A nossa intenção é continuar com essa parceria de sucesso com o IEL-MA”, afirmou Tatiana. 

 AÇÃO EMPREENDEDORA IEL - O Programa IEL Jovem Aprendiz é uma formação profissional básica em que o desenvolvimento das competências socioemocionais é tão importante quanto as competências técnicas. Com o intuito de colocar o jovem para cultivar um comportamento de busca de soluções, o IEL-MA criou a Ação Empreendedora. Nesta edição a Ação contou com a participação dos gestores e líderes de empresas parceiras como a Gentil Negócios, SEBRAE, Grupo Parvi, HSLZ-HSE, EMAP, CREA, RCR, SICREDICOOMAMP, Office Service e Revest. 

 “O evento é uma oportunidade para que os aprendizes se tornem indivíduos capazes de empreender e de realizar mudanças transformadoras nas empresas em que atuam”, explica a colaboradora do IEL-MA que supervisiona o programa de aprendizagem, Lohanne Cutrim.  

 A coordenadora regional do IEL-MA, Michele Frota, ressalta que o objetivo do Programa é inserir estudantes no mercado de trabalho, com jornadas reduzidas que não comprometam a sua formação acadêmica. Assim, o programa também contribui na diminuição das taxas de evasão escolar. 

 “O modelo original da Lei de Aprendizagem está adequado à nossa realidade e nós do IEL-MA temos essa preocupação em oferecer uma formação de qualidade focada na pessoa. O Programa IEL Jovem Aprendiz desenvolve o jovem para se tornar um cidadão com ânsia de agarrar as oportunidades que lhe venham a ser oferecidas. A maioria das empresas contratantes já entendeu isso, apoia a aprendizagem e faz dela um importante instrumento de desenvolvimento de seus quadros”, assegura Michele. 

 Diferentemente do que se pode imaginar, as vantagens de contratar um jovem são diversas e, certamente, vão muito além do cumprimento da lei. Por isso é importante considerar incluir bons profissionais aprendizes para desenvolver suas habilidades. Isso porque são estudantes ainda em formação, com um alto potencial de evolução. 

 A contratação também é vantajosa para as instituições que desejam diminuir os custos com funcionários. Por fim, investir nas mentes jovens pode trazer maior inovação para a contratante, um dos motivos pelos quais as empresas aderem a estas vagas. 

 O Programa IEL Jovem aprendiz é destinado a jovens de 14 a 24 anos que buscam a prática no mercado de trabalho. As empresas interessadas em saber mais sobre o Programa podem entrar em contato pelo WhatsApp (98) 9206-3590 ou solicitar uma visita do agente do IEL pelo e-mail  jovemaprendiziel @ fiema. org. br. 

Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90