MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
02/12/2022 às 18h50min - Atualizada em 02/12/2022 às 18h50min

Polícia Civil deflagra operação contra organização criminosa de estelionato eletrônico

Ascom/PC-MA
A ação contou com a atuação da PC do Ceará e do MA, através do DCCT/SEIC/PCMA - Foto: Divulgação/PC-MA
 
A Polícia Civil do Maranhão deflagrou, nesta quinta-feira (01), a “Operação Deprecare”, com o objetivo de reprimir crimes praticados contra a propriedade por meio eletrônico.

Foram cumpridos 04 mandados de busca e apreensão, além do bloqueio de valores em conta dos investigados. Os mandados foram cumpridos na região metropolitana de Fortaleza-CE.

Os criminosos abordavam as vítimas através de aplicativos de mensagens se fazendo passar por advogados maranhenses e informando que as mesmas teriam um valor a título de precatório para receber, ocasião em que cobravam um valor a título de custas e honorários para que a vítima pudesse receber o valor. Após a vítima fazer o pagamento procurava informações sobre o recebimento junto ao escritório respectivo e se dava conta que havia sido vítima do crime.

Diversas vítimas foram lesadas de modo que o prejuízo total ainda está sendo estimado. Valores foram bloqueados nas contas dos investigados, por determinação judicial.

A ação contou com a atuação da Polícia Civil do Ceará e da Polícia Civil do Maranhão, através do Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos/SEIC/PCMA.

Legislação: o estelionato pelo meio eletrônico/digital se enquadra §2-A, do art. 171, do Código Penal Brasileiro, com pena de até 8 anos de reclusão, e multa.

OPERAÇÃO DEPRECARE: De origem latina, o termo significa “pedir ou requisitar algo”, representa a origem do termo precatório. Dessa forma, o nome da operação faz alusão a palavra precatório, elemento utilizado pelos criminosos no crime para lesar as vítimas.

Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90