MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
01/12/2022 às 14h40min - Atualizada em 02/12/2022 às 00h06min

Criação de ovinos e caprinos suplementada potencializa crescimento, reprodução e engorda

O V.e.S Super Premium Ovinos e Caprinos da Reino Rural Franchising ajuda a repor os nutrientes essenciais para esses animais

SALA DA NOTÍCIA Elaine Rodrigues
Os rebanhos de ovinos e caprinos têm crescido consideravelmente nos últimos anos no Brasil. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as maiores concentrações estaduais desses animais estão localizadas nos estados da Bahia, Pernambuco e Rio Grande do Sul.

Segundo o último levantamento feito pelo IBGE, o país contava com 20,6 milhões de cabeças de ovinos, sendo a região Nordeste responsável por 70,6% do total. Nos dados do instituto, disponibilizados entre os anos 2000 e 2020, foi identificado um aumento significativo no número de cabeças.

Conforme os indicadores do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), o rebanho nacional de caprinos fica em torno de 9,8 milhões de animais, 90% desse total se concentra no Nordeste.

O consumo global de carne ovina deve aumentar em média 1,5% ao ano até 2023, de acordo com a OECD-FAO. A Ásia e o Oriente Médio, atualmente, são os maiores importadores de carne ovina do mundo.

Para fornecer uma carne e leite de qualidade, é essencial manter uma boa suplementação, para que o rebanho tenha os nutrientes completos. “Ao suplementar, ofertamos a totalidade da demanda nutricional desses animais para a manutenção, crescimento e engorda. Assim permitimos o ápice de expressão do seu potencial genético”, explica o zootecnista da Reino Rural Franchising - franquia especializada em produtos agropecuários – Leandro Costa. 

Início da suplementação

Os ovinos e caprinos são animais ruminantes, ou seja, possuem uma dieta bem parecida com a dos bovinos. Com isso, os minerais já devem ser fornecidos dentro da barriga da mãe.

“Para uma ovelha ou uma cabra ter um bom índice de fertilidade, ela precisa estar bem nutrida e mineralizada. Após as mesmas ficarem prenhas, elas já começam a passar alimento ao feto, pois necessitam de vários elementos para se desenvolver corretamente, como cálcio, fósforo e outros”, comenta Leandro.

Costa afirma que logo após o nascimento desses animais, os minerais devem ficar à vontade no cocho, para que sempre que o rebanho estiver com fome eles possam se alimentar. “Com isso, podemos dizer que os ovinos e caprinos se alimentam de mineral a vida toda.” 

Nutrientes disponíveis

O principal objetivo da suplementação para ovinos e caprinos é suprir a exigência nutricional, em que somente a pastagem não é capaz de fazer. Além disso, muitas vezes o consumo de suplemento resulta em diminuição da ingestão de forragem, devido ao efeito de substituição.

Dessa maneira, a Reino Rural produziu o suplemento V.e.S Super Premium Ovinos e Caprinos com todos os nutrientes necessários para esses animais. Uma das finalidades desse produto é no desenvolvimento da ossatura, flora ruminal e no metabolismo completo do animal.

“Esse suplemento possui todas vitaminas do complexo B e também às A, D e E, além de cálcio, fósforo, manganês, cobalto, cobre, ferro, magnésio, zinco, selênio, iodo, pré e pró-bióticos. Cada um deles é fundamental para o desenvolvimento desses animais, tanto no crescimento, quanto na reprodução e engorda”, detalha o zootecnista. 

Sabores não são alterados

Muitos produtores rurais ainda contam com um leve receio de utilizar suplementação mineral nos seus animais pelo fato de acharem que pode haver alguma alteração no gosto da carne ou do leite. 

Porém, os elementos usados nos suplementos são totalmente naturais, estando dentro do índice exigido pelos órgãos de fiscalização e não existe nenhum tipo de hormônio ou anabolizante. 

“Também podemos dizer que os ingredientes usados, nos índices corretos, são totalmente metabolizados no mesmo dia, fazendo com que não fique nenhum resíduo na carne ou no leite”, afirma Leandro. 

Benefícios

Para que esses animais tenham uma boa recuperação dos nutrientes, é necessário que a suplementação seja fornecida durante todo o ano. No período de seca, o capim diminui a sua qualidade, dessa maneira, o animal consome mais minerais, pois eles estão buscando a falta de nutrientes que somente o pasto não consegue fornecer.

“Um animal bem suplementado diminui o índice de doenças, infestação de parasitas, aumenta o ganho de peso e vários benefícios que influenciam na economia e no aumento do lucro do criador”, finaliza Costa. 

Sobre a Reino Rural Franchising

A Reino Rural chegou ao mercado em 2014 por meio do empresário Matheus Ferraz oferecendo uma linha de produtos agropecuários (suplemento nutricional animal e fertilizantes) de alta qualidade visando o aumento da eficiência e da lucratividade do produtor rural. Em 2021 a marca se lançou no mercado de franquias para capilarizar a expansão em todo o Brasil. Com modelo de negócio home office, tem investimento a partir de R$ 45.990 com retorno previsto de 4 a 6 meses. 

www.reinoruralfranchising.com.br 

Informações para a imprensa:

Fatos&Ideias Comunicação[email protected]
Renata Brito – (17) 9 9107-4530 -  [email protected]
Leonardo Lino – (17) 9 9171-1771 – [email protected] 
 

Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90