MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
30/11/2022 às 18h04min - Atualizada em 30/11/2022 às 18h04min

Simulado no Porto do Itaqui testa resposta a acidentes

SECOM / MA
Foto: Divulgação/Secom
 
Na manhã desta quarta-feira (30), a Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP) realizou, ao lado das empresas parceiras da capital maranhense, o 2º Exercício Simulado do PAM – Plano de Ajuda Mútua da comunidade portuária do Porto do Itaqui. A atividade foi realizada em um período total de 12 horas, a partir das 8h. Foi simulado um acidente no viaduto próximo ao acesso ao porto, envolvendo três veículos e uma moto. Houve bloqueio e redirecionamento de tráfego no local das 8h às 9h, momento em que foi simulado o resgate de acidentados.

O exercício simulado contou com grande movimentação de pessoas, veículos, aeronaves, e envolveu equipes socorristas e de hospitais da cidade. “Essa iniciativa é um teste de pronta resposta em caso de acidentes de grande porte e o objetivo é treinar nossas equipes de maneira coordenada, com foco em redução de riscos, prevenção de acidentes e valorização da vida dos trabalhadores portuários”, afirmou o diretor de Operações da EMAP, Jailson Luz.

O simulado integra o plano de ação da EMAP dentro do escopo da certificação ISO 45001, norma internacional que atesta a excelência do Sistema de Gestão da Segurança e Saúde Ocupacional de uma organização.

 

Cooperação entre empresas

O Plano de Ajuda Mútua possui estatuto registrado em cartório e tem mapeadas 28 situações de risco nível 3 (máximo risco). Para garantir que as equipes de emergência estejam preparadas para cenários extremos, o PAM realiza dois grandes simulados por ano. 

“O primeiro foi realizado em agosto, com a simulação de vazamento de gás e mobilização de mais de 200 pessoas. E ontem realizamos o segundo, que simulou um acidente de veículos com múltiplas vítimas e derramamento de combustível na principal saída do porto”, explicou o gerente de Logística, Hibernon Marinho. “Importante destacar que neste ano o PAM do Complexo Portuário do Itaqui foi reconhecido pelo PAM nacional, passando a integram a RINEM - Rede Integrada de Emergência do Brasil”, completa.

De acordo com o diretor Jailson Luz, o sucesso de uma ação como essa está no trabalho conjunto e comprometimento de todos os envolvidos. “Agradecemos o apoio de todos os que participaram junto conosco, representantes das empresas que integram o PAM, hospitais, equipes de resgate e demais órgãos”, disse.

O PAM do Complexo Portuário do Itaqui conta com 27 empresas e participação de órgãos públicos e privados que possuem interação direta com o plano de emergência, tais como: Corpo de Bombeiros, SAMU, hospitais, Defesa Civil, polícia, SMTT, Capitania dos Portos, dentre outros. 

Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90