MENU

23/11/2022 às 21h40min - Atualizada em 23/11/2022 às 21h40min

Polícia identifica casal envolvido em confusão que deixou dois empresários mortos em Araguaína

Ela disse que um dos cobradores estava armado e teria agido com violência

Assessoria
Local da troca de tiros atraiu grande número de curiosos - Foto: Divulgação
 
A confusão que deixou dois homens mortos e uma mulher baleada em Araguaína já está sendo investigada da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (2ª DHPP). O objetivo é identificar todos os envolvidos e a motivação do caso.

Os mortos foram identificados como Alilton Naves Costa, conhecido como Santa Fé, e Delcimar Alves, o Gordo da Borracharia. Ambos morreram em troca de tiros durante a cobrança de uma dívida. O caso aconteceu em uma residência no Jardim dos Ipês, na noite desta terça-feira (22).

A mulher baleada é Ana Paula Cunha Castro. Ela foi socorrida ao Hospital Regional de Araguaína (HRA) e já prestou algumas informações à Polícia Militar.

A perícia constatou que Santa Fé foi atingido por três tiros na altura do peito direito e outro no olho esquerdo. Já Delcimar tinha uma perfuração nas costas, na altura dos rins.

O outro envolvido na confusão é o marido de Ana Paula, identificado como Pedro Luiz da Silva Neto.

Segundo a polícia, Ana Paula confirmou que tem uma dívida com Santa Fé e que, na noite dos fatos, estava com seu marido em uma casa que eles haviam alugado para morar no Jardim dos Ipês. Em determinado momento, ela conta que precisou sair e, ao abrir o portão, fora surpreendida pelo homem que estava acompanhado de outros três homens, todos de estatura forte.

A mulher disse, ainda, que fora retirada do carro com violência pelo empresário Santa Fé. Segundo ela, ele portava uma arma de fogo, bem como os outros homens.

Nesse momento, conforme o relato, Pedro Luiz pediu que eles não fizessem aquilo com Ana Paula, ocasião em que Santa Fé teria efetuado um tiro na altura do ombro da mulher, e pelas costas.

A princípio, a mulher não deu detalhes sobre a troca de tiros que resultou na morte dos dois homens. Pedro Luiz Neto está foragido, mas deve se apresentar à polícia nesta quarta-feira (23).

Ana Paula e o marido já teriam registrados dois boletins de ocorrência na Polícia Civil relatando supostas ameaças de Santa Fé.

Notícias Relacionadas »
Comentários »