MENU

21/11/2022 às 21h23min - Atualizada em 21/11/2022 às 21h23min

Registrado primeiro feminicídio do ano em Imperatriz

Acusado do crime, identificado por Fernando Barbosa, foi preso na madrugada de domingo

Dema de Oliveira
Maria Elizinete foi espancada até a morte - Fotos: Divulgação
 
O primeiro caso de crime de feminicídio do ano de 2022 em Imperatriz, aconteceu no último sábado, tendo como vítima Maria Elizinete Lima, que era moradora do bairro Boca da Mata.

O acusado do crime, o companheiro de Maria Elizinete Lima, identificado por Fernando Barbosa, foi preso durante a madrugada de domingo (20), segundo informações, em uma boca de fumo próximo onde ele residia, na Boca da Mata. 

Segundo a polícia, Fernando Barbosa espancou brutalmente Maria Elizinete, que foi encaminhada para o Hospital Municipal de Imperatriz, onde muito embora os cuidados médicos, não resistiu às lesões e acabou vindo a óbito. De lesão corporal grave, o crime passou para homicídio, com o agravante de feminicídio.

A Polícia recebeu a denúncia de que as duas filhas menores do casal estavam sozinhas em casa, e por esse motivo Fernando Barbosa vai responder também por abandono de incapaz. 

Em 2019, Maria Elizinete solicitou medidas protetivas da justiça contra Fernando Barbosa, entretanto, pediu revogação da medida depois. Na verdade, medidas protetivas decretadas pela justiça nesses casos de violência doméstica, não surtem qualquer efeito, já que os maridos violentos não atendem essas medidas.

O corpo de Maria Elizinete foi sepultado no domingo, no Cemitério do Bom Jesus

Notícias Relacionadas »
Comentários »