MENU

18/11/2022 às 18h30min - Atualizada em 19/11/2022 às 00h03min

Próximo ao dia da Consciência Negra, cantor e compositor Dogge lança "Deixa o Preto"

Inspirado por Anitta, Djavan e Beyoncé, Dogge é um artista de hip hop e trap de apenas 24 anos que busca inspirar e influenciar pessoas com a sua música

SALA DA NOTÍCIA Mariana Laviaguerre
Lavi Comunicação & Mkt
Divulgação

Como uma forma de homenagear a cultura preta, o cantor e compositor goiano Dogge, aposta da Alma Music para a cena do hip hop e trap, lança nesta sexta-feira (18) a faixa “Deixa o Preto”, seu terceiro trabalho pelo selo musical paulista. A música está disponível em todas as plataformas digitais. 

Com um ritmo dançante e com uma pegada de empoderamento, a maior mensagem da faixa - segundo o próprio cantor - é para que as pessoas dancem, rebolem e sejam quem elas queiram ser. “Ela tem um significado muito importante para mim, pois fui criado em um lugar extremamente conservador e, por muito tempo, não tive a liberdade de me expressar da forma que eu queria”, conta Dogge. 

“Eu tinha um pouco de receio de como as pessoas iriam enxergar essa música, pois ela tem um viés com a mensagem do racismo e muita gente acredita que não existe mais racismo no Brasil. Mas, a música tem a mensagem ‘deixa o preto ser quem ele quiser’”, completa. 

A expectativa de lançamento para este single não poderia ser maior! Dogge está mega ansioso, já que a música será lançada dois dias antes do Dia da Consciência Negra. “Esta é uma música muito importante e quero que todo mundo entenda que o lugar do preto é onde ele quiser. Espero que todo mundo consiga se identificar com a música”, finaliza.

“Deixa o Preto” sucede a faixa “Como É Que Faz”, que trouxe uma sonoridade bem diferente das que o artista costuma compor e conta com uma batida animada e dançante. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »