MENU

18/11/2022 às 18h42min - Atualizada em 18/11/2022 às 18h42min

UEMASUL promove 1º Seminário para tradutores/intérpretes, instrutores e professores de Libras

O evento contou com palestras e oficinas educativas para fortalecer as novas práticas da sinalização em Libras na região

Assessoria de Comunicação – ASCOM/UEMASUL
O 1º seminário contou com cerca de 45 participantes, entre intérpretes, instrutores, professores de Libras e a comunidade surda. - Foto: Divulgação
 
Começou na quinta-feira (17), o 1º Seminário para tradutores/intérpretes, instrutores e professores de Libras no auditório da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UEMASUL). Com o tema “Desafios e possibilidades da prática profissional de Libras”, o seminário conta com palestras e oficinas educativas. O evento foi promovido por meio de uma parceria entre o Núcleo de Acessibilidade Educacional (NACE) e o mestrado em Letras da UEMASUL, juntamente com a Associação dos Surdos de Imperatriz.

O principal objetivo do seminário é contribuir para a formação educacional de intérpretes, professores e instrutores, uma vez que as temáticas discutidas focam especificamente nos desafios que surgem na prática do profissional que trabalha com Libras. “É a partir desses momentos e trocas de experiências que conseguimos para além dos desafios, enxergar as práticas que já fazemos e vem dando certo, além das possibilidades de fortalecimento das mesmas.”, pontuou a professora Claudia Lucia Alves, coordenadora do NACE.

A última etapa do evento aconteceu nesta sexta-feira (18). Ao longo do dia os participantes seguiram aprendendo com uma oficina sobre os processos de Tradução/Interpretação dirigida pelo Prof. Doutor Guilherme Lourenço e com uma oficina ministrada pelo Prof. Mestre Rodrigo Augusto, entre outras atividades. Durante as palestras ministradas pelos professores, foram debatidos assuntos como a integração de alunos surdos e o fortalecimento das trocas com os professores ouvintes para que haja uma maior sinalização na região.

De acordo com o professor Rodrigo Augusto, seus objetivos foram desenvolver a percepção dos professores em relação à didática, elaboração de materiais e o foco nas diversas formas de sinalização. “Essa formação de professores traz responsabilidade e estímulo para que todos nós possamos ter a consciência de cidadãos surdos e isso é muito importante para que haja qualidade na formação dos professores, independente se ele é surdo ou ouvinte.” Sinalizou o professor Rodrigo.

Professores precisam se manter em constante aprendizado sendo que a área da educação é progressiva e se moderniza com o passar do tempo. Com isso em mente, o professor e intérprete Emilio Alves, que é um dos participantes, acredita que o evento oferece esse aprendizado. “Esse evento traz as novas práticas da área da interpretação, com profissionais nos ensinando sobre os novos estudos acerca das Libras e isso é muito importante para compor a nossa formação.”, conta Emilio.

O 1º seminário contou com cerca de 45 participantes, entre intérpretes, instrutores, professores de Libras e a comunidade surda. A UEMASUL tem a missão de formar profissionais éticos, competentes e com responsabilidade social para o desenvolvimento da região, por isso a instituição faz questão de promover eventos que permitam uma educação mais inclusiva. 

Notícias Relacionadas »
Comentários »