MENU

11/11/2022 às 20h07min - Atualizada em 11/11/2022 às 20h07min

CNM orienta gestores municipais diante de casos de nova variante

Agência CNM de Notícias
Foto: NIAD
 
Alguns Municípios registram o aumento significativo de casos da Covid-19 nas localidades. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que a cepa já foi detectada em 65 países, incluindo o Brasil, e apresenta uma prevalência de 9%.

Além desses dados, a Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) e a Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica (Abramed) mostram que a taxa de testes positivos para a Covid-19 cresceu 228% e 524% no último mês nas farmácias e laboratórios do país, respectivamente. No início de novembro, a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro confirmou um caso de Covid-19 provocado pela Ômicron BQ.1. Porto Alegre (RS) também registrou um caso da subvariante. São Paulo, além do registro de novos casos, teve um óbito. Outros Estados, como Espírito Santo e Amazonas, também registraram casos da subvariante.

Diante dos números, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) recomenda que as gestões municipais façam um monitoramento da evolução de novos casos da subvariante BQ.1 da Ômicron, que poderá causar uma nova onda de Covid-19. Além disso, a entidade reforça a importância de se realizar uma busca ativa das pessoas que não tomaram a dose de reforço para completar o esquema vacinal recomendado pelo Ministério da Saúde. 

Notícias Relacionadas »
Comentários »