MENU

10/11/2022 às 19h20min - Atualizada em 10/11/2022 às 19h20min

“Parceria entre governo federal e governo do MA está cada vez mais próxima”, diz Brandão

SECOM/MA
Governador Carlos Brandão com o vice-presidente eleito Geraldo Alckmin - Foto: Divulgação/SECOM
 
Cumprindo extensa agenda de trabalho em Brasília, o governador do Maranhão, Carlos Brandão, participou de um café da manhã com o vice-presidente eleito Geraldo Alckmin.

Coordenador da equipe de transição do próximo governo da República, Alckmin apresentou a Brandão detalhes do processo de mudança da gestão Jair Bolsonaro para o governo do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva.

“Acabo de participar de um café da manhã com o vice-presidente Geraldo Alckmin. Uma conversa muito produtiva. Alckmin é um amigo nosso de longa data e hoje conversamos um pouco sobre a transição do governo federal. Ele [Alckmin] é o responsável por essa transição e foi possível discutir vários projetos”, detalhou Carlos Brandão.

Brandão sublinhou que a visita a Geraldo Alckmin foi um encontro de alinhamento e preparação para uma reunião que acontecerá em breve, dessa vez com o presidente Lula, quando os governadores dos estados e do Distrito Federal poderão apresentar os programas e demandas prioritárias de suas regiões.

“Saio daqui muito entusiasmado porque as reivindicações, as demandas que nós temos no Maranhão, vamos poder levar para o presidente Lula no momento oportuno e não tenho dúvidas de que serão bem atendidas”, disse Carlos Brandão.

Nas entrelinhas, a reunião com o vice-presidente eleito também simboliza a aproximação institucional entre o Poder Executivo Federal e o governo do Maranhão, relação que foi inviabilizada durante a gestão do presidente Jair Bolsonaro.

“Essa parceria entre governo federal e governo do Estado, que a gente tanto defendeu, está cada vez mais próxima. Vai ser um momento fértil, um momento em que teremos o Maranhão como protagonista. A gente sai daqui muito feliz porque sabemos de que nós vamos avançar; o Maranhão vai crescer, vai se desenvolver, vai ter dias melhores, assim como o Brasil”, pontuou Brandão.

Notícias Relacionadas »
Comentários »