MENU

10/11/2022 às 19h03min - Atualizada em 10/11/2022 às 19h03min

Oportunidades do mercado, tecnologias e carreira industrial ganham destaque no Mundo SENAI em Imperatriz e Açailândia

No Maranhão, seis unidades do SENAI estão de portas abertas e recebendo visitantes para conhecer as instalações e os cursos

Coordenadoria de Comunicação e Eventos
Fotos: Divulgação
 
As profissões na área industrial, oportunidades de emprego no setor e as tecnologias utilizadas nas salas de aula e pelas indústrias estão em evidência no Mundo SENAI, evento que encerrou nesta quinta-feira, 10, em Imperatriz, Açailândia, Caxias, Bacabal, Rosário e São Luís. Desde o dia 8, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Maranhão (SENAI/MA), entidade do Sistema FIEMA, tem sido ponto de encontro de milhares de jovens e da comunidade em geral, que têm a chance de conhecer mais sobre os equipamentos, cursos e tecnologias empregadas nas indústrias maranhenses.  

Em Imperatriz e Açailândia, a programação contou com palestras, visitas guiadas, oficinas e até um Quiz, onde os alunos foram desafiados a encontrar respostas relacionadas ao que conheceram durante a itinerância aos Centros de Educação Profissional e Tecnológica do SENAI nas duas cidades. O jogo de perguntas e respostas incluiu curiosidades sobre a indústria 4.0, internet das coisas e sobre os laboratórios das unidades do SENAI.   

Durante o evento, alunos de escolas públicas, privadas, empresários e demais visitantes podem ainda manusear maquinários, realizar simulações e conhecer soluções tecnológicas criadas por alunos. “Uma vez no ano, abrimos nossas portas para apresentar um universo de possibilidades dentro do mercado industrial. Os visitantes são os principais protagonistas dessa iniciativa e são convidados a mergulhar de fato nesse universo, tirar suas dúvidas, fazer experiências em nossos laboratórios e conhecer mais sobre a indústria maranhense”, ressalta o gerente do SENAI Imperatriz, Juares Sanches.
  
O Mundo SENAI é um evento nacional realizado simultaneamente em todo o Brasil, está em sua 14ª edição e seguiu até esta quinta-feira, 10/11. A programação do Mundo SENAI no Maranhão e informações sobre matrículas gratuitas e pagas, para cursos presenciais e online podem ser acessadas na internet, no site  www.fiema.org.br/senai.  

Para a gerente do SENAI Açailândia, Edilene Oliveira, a iniciativa contribui para apresentar aos jovens as infinitas possibilidades no mercado de trabalho. “Trabalhamos nos alunos o desejo de terem uma profissão e estarem no mercado. Apresentamos a eles as inúmeras oportunidades de atuação e de inserção dentro do mercado industrial”, destaca.  

No tour, os visitantes têm contato com temas como internet das coisas (IoT), automação, eletrotécnica, robotização, inovação, energias renováveis, uso de simuladores no aprendizado, metaverso, realidade virtual e muitos outros temas relacionados à indústria 4.0  

AVALIAÇÕES POSITIVAS – Passando pelo laboratório de automotiva no SENAI Imperatriz, Rafael Couto, que está concluindo o ensino médio este ano, se diz surpreso com o que viu. “Em algumas oportunidades já passei aqui na porta do SENAI, mas jamais poderia imaginar que tivesse tantos laboratórios com uso de tanta tecnologia. Estou concluindo os estudos esse ano, pretendo cursar uma faculdade no futuro, mas com certeza, até concluir meu sonho, irei procurar por um curso técnico”.  

Anelice Santos, que também participou da programação, ressaltou que a ação é muito válida. “Receber tantas informações e ter a oportunidade de realizar cursos gratuitos e pagos em importantes áreas, que inclusive falta mão de obra como ficamos sabendo aqui, é algo interessante, porque muitos de nós estamos prestes a concluir ou concluindo os estudos sem muitas perspectivas para o agora”.  

Em Açailândia, os alunos que estiveram no SENAI compartilham da mesma opinião. Antônia Cássia, estudante do 2º ano de uma escola estadual do município, falou do seu desejo pela carreira técnica. “Eu não tinha ideia deste universo e ao conhecer a estrutura, me despertou esse interesse em cursar eletrotécnica”.  

Rodrigo Sousa também integrou o grupo de alunos e já faz planos para o futuro. “Aqui, soube que posso cursar o técnico enquanto finalizo os estudos e, assim, já ganho tempo e adquiro mais conhecimentos para o nível superior”, disse o jovem.

Notícias Relacionadas »
Comentários »