MENU

09/11/2022 às 16h54min - Atualizada em 10/11/2022 às 00h06min

Primavera é o momento ideal para começar o controle dos carrapatos na pecuária, aponta especialista

Primeiras semanas da estação marcada pela volta do calor e chuvas simboliza também o retorno das atividades dos carrapatos que estavam reduzidas durante o inverno

SALA DA NOTÍCIA Wesley Henrique Colpani
Primavera aumenta reprodução do carrapato-do-boi. (Foto: Divulgação)

Com o fim do inverno, foi dada a largada para a temporada de chuvas no território brasileiro. Dessa forma, muitos produtores aproveitam o momento para dar início a novos projetos e cultivos. No entanto, quem também comemora a chegada da primavera são os carrapatos. Após um ciclo mais lento durante o inverno devido às temperaturas mais baixas, a praga volta com força total neste período de condições ambientais favoráveis baseada no clima quente e úmido da estação.

De acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a pecuária brasileira soma prejuízos anuais na casa dos US$ 2 bilhões graças à infestação do carrapato-do-boi, que causa doenças e problemas graves nos animais. Diante desse cenário, a Decoy Smart Control, agtech de biotecnologia que oferece soluções sustentáveis no controle de pragas, ajuda os pecuaristas por meio do controle biológico.

Essa técnica baseia a proteção dos bovinos a partir do uso de outros organismos vivos que conseguem controlar a população da praga, fazendo com que a densidade populacional desse parasita em questão se mantenha abaixo do chamado “nível de dano econômico”, isto é, abaixo do nível de prejuízos para os produtores.

Dessa forma, Lucas von Zuben, CEO da Decoy, cita as primeiras semanas da primavera como o período ideal para dar início a proteção dos animais, tendo em vista que os organismos protetores entrarão em “combate” logo com a primeira geração dos carrapatos após o período de hibernação.

“A primeira geração de infestação do carrapato surge nos primeiros dias da estação, graças ao aumento da temperatura média e umidade relativa do ar. Além disso, é importante salientar que o desenvolvimento de cada geração, sofre impacto direto da anterior. Por isso, o sucesso do controle depende da redução do parasita já na primeira geração. Tomar as medidas corretas de controle desde o início, impede que o crescimento da infestação e o controle seja mais eficiente”, explica. 

Mais do que isso, Marcus Vinícius Jordão, Analista de Pesquisa e Desenvolvimento da Decoy, justifica ainda a importância de começar o tratamento antes ou logo nos primeiros dias de chuva, já que este é o período em que as fêmeas já fecundadas encontram o cenário ideal para se desprender dos animais, e liberar os ovos no solo.

“Assim, se evita que no período de maior infestação e que o número de carrapatos esteja alto. Dessa forma, a prevenção mais eficiente deve ser baseada no constante monitoramento e observação do rebanho. Não existe uma regra quando se trata de controle de carrapatos, porém tratar os animais, assim como as infestações em pasto, de forma planejada é a melhor forma de reduzir o problema”, avalia o especialista.

Líder mundial na utilização do controle biológico no campo, o Brasil já conta com 23 milhões de hectares protegidos por essa tecnologia, resultando numa economia anual de US$ 13 bilhões por ano ao setor agrícola. Graças ao expertise da Decoy, a expectativa é de que esse tipo de economia também se torne uma realidade na pecuária nacional. 

“É importante que o pecuarista planeje a aquisição dos produtos de controle antes da chegada da temporada de chuvas. Enquanto o problema ainda estiver no início, os impactos e prejuízos serão menores e mais fáceis de serem solucionados. Através de um controle assertivo, o rebanho fica livre dos carrapatos e pronto para expressar a melhor produtividade para o produtos”, completa Lucas von Zuben.

Sobre a Decoy
A Decoy Smart Control é uma startup brasileira de biotecnologia focada na pesquisa e no desenvolvimento de produtos para o controle de pragas em animais de produção. A partir do conhecimento adquirido no universo acadêmico, a empresa encontrou uma forma muito mais eficaz de controlar pragas, de forma biológica, precisamente estratégica e natural. A Decoy é a primeira empresa a levar a inteligência do controle biológico para a área de saúde animal. Suas soluções utilizam conceitos de equilíbrio e manejo integrados, dispensando o uso de agrotóxicos, proporcionando um controle mais efetivo e ecologicamente adequado. Localizada em Ribeirão Preto, no estado de São Paulo, polo de inovação para o setor agropecuário, a startup conta com um ambiente extremamente favorável à geração de novas descobertas e soluções inteligentes para o mercado. Para maiores informações: https://decoysmart.com/.


Notícias Relacionadas »
Comentários »