MENU

11/11/2020 às 00h00min - Atualizada em 11/11/2020 às 00h00min

Governo do Estado amplia investimentos em saúde na Região Tocantina

Em visita à região no início desta semana, o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, esteve nas unidades de saúde e destacou a importância dos investimentos

Secap
Secretário Carlos Lula no Hospital Macrorregional Dra. Ruth Noleto - Foto: Divulgação
Em Imperatriz, o Governo do Estado segue investindo na ampliação de serviços nas unidades estaduais de saúde. No Hospital Macrorregional Dra. Ruth Noleto, o poder público estadual está implantando 11 novos leitos de UTI e, para o Hospital Regional Materno Infantil de Imperatriz, anunciou a instalação de 10 leitos de UTI Materna na unidade, que passa a ser referência em Alta Complexidade Materna no Estado. Com a nova UTI Materna, serão 21 novos leitos de UTI implantados em Imperatriz.

Em visita à região no início desta semana, o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, esteve nas unidades de saúde e destacou a importância dos investimentos. “Agora teremos leitos de UTI materna tanto em São Luís quanto em Imperatriz. As mamães passam a ter esses leitos em exclusividade. São poucas as maternidades no Brasil que possuem UTI Materna, então Imperatriz ganha e agora será referência em Alta Complexidade Materna”, destacou Carlos Lula.  

A medida beneficia mães como a Cleviane Lima Soares. Aos 29 anos, a operadora de caixa é mãe do Samuel que está prestes a completar quatro meses. Ela conta que filho nasceu com apenas 26 semanas e ficou internado no Hospital Regional Materno Infantil. Cleviane ressalta a importância dos leitos de UTI Materna na Unidade. “Com certeza é um benefício a mais para nós mães, principalmente as que tem gravidez de risco e precisam desses leitos de UTI”, comemora Cleviane.   

Sobre os leitos no Hospital Macrorregional de Imperatriz, o secretário Carlos Lula conta que a estrutura possibilitará o aumento do número de cirurgias na unidade de saúde. “Com os 11 leitos de UTI Adulto do Hospital Macrorregional, estamos repondo portanto os leitos que haviam sido desativados para que pudéssemos retomar as cirurgias eletivas. Agora eles ficarão em nossa rede de maneira permanente”, afirma o gestor.  

A dona Madalena Silveira, 56 anos, está com o esposo internado no Hospital Macrorregional em decorrência da Covid-19 e disse que ficou muito satisfeita com a obra que vai implementar os 11 novos leitos da UTI na unidade. “Esses leitos serão muito bem-vindos. Só virão somar ao ótimo atendimento que já recebemos aqui neste hospital. Essa unidade tem profissionais de ponta, eu e meu marido fomos muito bem amparados”, avalia a dona Madalena.  

Programa Mais Cirurgias
Retomado em setembro, após suspensão por conta da pandemia do novo coronavírus, o Programa Mais Cirurgias já possibilitou, até outubro de 2020, a realização de 44.696 cirurgias na rede estadual de saúde. Só nos meses de setembro e outubro foram realizados 6.201 procedimentos nas mais diversas especialidades. Durante o último fim de semana, o Hospital Macrorregional de Imperatriz realizou 200 cirurgias de catarata e pterígio. 

O secretário adjunto de Atenção em Saúde (SAAS/SES), Carlos Vinicius, afirma que mais uma enfermaria do Macrorregional foi ativada para a realização das cirurgias. “São novos leitos que estão sendo colocados à disposição do bloco cirúrgico para aumentar essa capacidade de realização de cirurgias na região de Imperatriz. Com isso, conseguimos dar uma vazão maior a esses pacientes que estavam esperando por conta da pandemia”, ressalta o secretário adjunto.
 
As unidades inseridas no Programa estão distribuídas no Maranhão, em São Luís, Santa Inês, Pinheiro, Timon, Timbiras, Imperatriz, Coroatá, Lago da Pedra, Santa Luzia do Paruá, Caxias, Carutapera e Chapadinha. O Mais Cirurgias oferta atendimento nas seguintes especialidades médicas: cirurgia geral, ginecologia, urologia, angiologia, cardiologia/adulto, ortopédica, oftalmológica, vascular, neurologia, aparelho digestivo e pediátrica.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...