MENU

06/11/2022 às 22h44min - Atualizada em 06/11/2022 às 22h44min

Músicas em Destaque

Ouça!

Da Redação
GB Edições

Single/Clipe                   
Dose de Ilusão - Danzo

Após dar o papo sobre suas ambições e caminhada para o sucesso na trap de “Quebra versão Deluxe”, o trapper Danzo explora outro lado de suas referências com “Dose de Ilusão”. O novo single abre a porta dos sentimentos e chega com a produção de Bvga, nome por trás de faixas como “Polo” e “Malokero Chic”. Como mais um traço da parceria com a Labbel Records – selo de trap da produtora Boogie Naipe –, a novidade se desdobra ainda em um videoclipe, já disponível no canal de YouTube de Danzo. “‘Dose de Ilusão’ veio para mostrar que eu não sou só isso, mostra que sei fazer música e estou aqui. Eu vim do funk e sempre vou estar misturando os ritmos, no final das contas é tudo da quebrada”, pontua Danzo. O artista, que se apresentou à cena do trap nacional por meio do funk, logo criou base para que sua sonoridade explorasse outras misturas, sendo que as suas experimentações não se restringem ao campo sonoro, mas se estendem também às temáticas tratadas nas letras. Se antes a ostentação surgia em primeiro plano, desta vez o campo afetivo que se destaca. Indo da ostentação ao sentimento, em “Dose de Ilusão” o artista apresenta uma levada mais “soft”, com um beat mais calmo assinado também por Bvga. “Essa produção foi algo particular, queria que fosse diferente do trap de “Quebra”, veio com mais agitação, quis fazer algo mais melódico, mas sem deixar de lado minha marca e personalidade, com a misturinha do funk e trap”, acrescenta Danzo.
 

Single/Clipe                             
Logo Logo / Gustavo Bertoni

Envolvendo o ouvinte em um universo intimista, Gustavo Bertoni, vocalista e guitarrista da banda “Scalene”, mergulha em sentimentos de luto e amor em uma música inédita. “Logo Logo” já chegou às plataformas de streaming de áudio, acompanhado de um videoclipe protagonizado pelo ator Henrique Zaga, seu amigo de infância. Foi ao piano, com um arranjo de cordas e sintetizadores do produtor Lucas Mayer, que a composição ganhou forma para Gustavo. “Já estava com a história permeando minha mente e, quando sentei ao piano, só ‘vrum’, saiu de uma vez”, descreve o artista. O processo criativo de "Logo Logo" teve como ponto de partida a transição de sua própria adolescência para a vida adulta, que, ao revisitá-la, se aprofundou em sentimentos de confusão atrelados a uma paixão. Entre as referências, Gustavo cita a melancolia do documentário “Billie Eilish: The World Is a Little Blurry” (2021), estopim para as primeiras linhas da canção. O resultado foi uma música com lirismo nostálgico e atmosfera emotiva, representadas no clipe com frames contrapostos do início e do fim do relacionamento de um casal, interpretados por Henrique Zaga e Karla Bacigalupo. Dirigido por Luísa Dalé e gravado em câmera analógica, o projeto audiovisual transmite a sensação de perda e saudade pela tela. 

Notícias Relacionadas »
Comentários »